0
Logo do BOA EC
Foto: Antonio Cicero/FramePhoto / Gazeta Press

BOA EC

Clébson lamenta gols perdidos e vê equipe afoita nas finalizações

16 set 2015
11h36
  • separator
  • comentários

Pior ataque da Série B, ao lado do Atlético-GO, com 21 gols marcados, o Boa Esporte segue sofrendo com o baixo rendimento de seu ataque. Apesar de ter balançado as redes na derrota por 3 a 1, para o Santa Cruz, nessa terça-feira, a equipe mineira manteve um aproveitamento ruim nas finalizações em meio a várias oportunidades criadas ao longo da partida.

Inconformado com a ineficácia do ataque boveta, o meia Clebson destacou a repetição do cenário de jogo anteriores e colocou a intranquilidade da equipe como o motivo para tantos gols perdidos.“A gente só tem a lamentar. Mais uma vez, a gente cria, cria, mas não faz gol. Eles vão lá e fazem. Temos que rever isso que está acontecendo, porque não é possível. Se fossemos um time que não tivesse oportunidades de fazer gol...é complicado. Infelizmente, não tivemos a calma, a tranquilidade para colocar a bola para dentro e em seguida levamos o gol”, analisou.

“Logo no comecinho, mandamos uma bola na trave e nas nossas chances, não fizemos, e o nosso adversário foi lá e faz. No começo do segundo tempo, após uma desatenção nossa, eles fizeram o segundo, aí ficou difícil. Buscar dois, três gols, acaba ficando complicado”, completou.

Com o resultado, o Boa Esporte se estagnou na 18ª posição da Série B e viu a sua distância para o Atlético-GO, primeiro time fora da zona de rebaixamento, aumentar para sete pontos. Para piorar a situação, o time mineiro terá um duelo complicadíssimo na próxima sexta-feira, contra o líder Botafogo, às 21h30 (de Brasília), no estádio municipal de Varginha.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade