2 eventos ao vivo

Russell Westbrook é negociado para o Houston Rockets

11 jul 2019
22h24
atualizado em 12/7/2019 às 15h06
  • separator
  • 0
  • comentários

Westbrook é um dos melhores armadores da NBA (Foto: Zach Beeker/OCT)

Na noite desta quinta-feira, mais uma negociação importante movimentou a NBA. Segundo a ESPN norte-americana, o armador Russell Westbrook foi trocado pelo Oklahoma City Thunder para o Houston Rockets por Chris Paul e duas escolhas de primeiro round de Draft (2024 e 2026), além de duas trocas de escolhas em 2021 e 2025.

Russell Westbrook é um dos principais armadores da NBA desde sua primeira temporada, em 2008-09. O atleta de 30 anos liderou a liga em pontuação em 2014-15 e 2016-17, foi líder de assistências nas duas últimas temporadas e disputou mais de 80 jogos em sete das dez temporadas em que atuou na liga, todas pelo Oklahoma City Thunder. Além disso, ele foi escolhido oito vezes para o jogo das estrelas.

A melhor temporada de Westbrook na NBA foi em 2016-17. Em 81 jogos disputados, o armador teve médias de 31.6 pontos, 10.7 rebotes e 10.4 assistências. Ele se tornou o primeiro jogador na história da liga a conseguir médias de triplo-duplo por dois anos seguidos e, de quebra, foi eleito o MVP da temporada.

Apesar do currículo invejável, Westbrook nunca foi campeão da NBA. Durante toda a carreira, o armador defendeu apenas o OKC Thunder, clube que não tem nenhum título. O melhor resultado na história da equipe foi o vice-campeonato de 2012, ano em que perdeu a final para o Miami Heat por 4 jogos a 1.

No Houston Rockets, Westbrook vai reencontrar o ala-armador James Harden, com quem formou o melhor time da história do Thunder até 2012. Além da dupla, OKC contava com o ala Kevin Durant (hoje no Brooklyn Nets) e o pivô Serge Ibaka (campeão da última temporada com o Toronto Raptors). Harden foi negociado com os Rockets ao final da temporada 2011-12.

Na última temporada, Westbrook não teve seu melhor desempenho em pontuação, mas foi um dos melhores defensores na posição de armador, como de costume, e liderou a liga em assistências, com 10.7 por jogo. Em 73 jogos disputados, ele teve médias de 22.9 pontos, 11.1 rebotes e 1.9 roubos de bola.

Para tirar Westbrook do Thunder, além de ceder duas escolhas de draft e trocar outras duas, os Rockets se despediram de Chris Paul. O também armador teve médias de 15.6 pontos, 8.2 assistências, 4.6 rebotes e dois roubos de bola em 58 jogos disputados, todos como titular. O jogador de 33 anos liderou a liga em roubos de bola em cinco temporadas e foi o melhor em assistências em quatro oportunidades.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade