PUBLICIDADE

Wehrlein supera Bird no eP de Diriyah 1 e vence pela segunda vez na Fórmula E

Pascal Wehrlein esperou até o final da corrida para dar o bote em Sam Bird e tomar a liderança do eP de Diriyah 1. Apesar da pressão de Jake Dennis, alemão garantiu sua segunda vitória na Fórmula E — a segunda da Porsche.

27 jan 2023 - 16h01
Compartilhar
Exibir comentários
Pascal Wehrlein venceu em Diriyah e assegurou sua segunda vitória na Fórmula E
Pascal Wehrlein venceu em Diriyah e assegurou sua segunda vitória na Fórmula E
Foto: Porsche / Grande Prêmio

A Fórmula E deu o ponto de partida na primeira rodada dupla da temporada 2022/2023 nesta sexta-feira (27), e Pascal Wehrlein ganhou oito posições em relação ao grid de largada para superar Sam Bird no fim e conquistar sua segunda vitória na Fórmula E, a segunda da Porsche. Jake Dennis, em corrida sensacional de recuperação, saiu de 12º para o segundo lugar, enquanto o britânico da Jaguar completou o pódio.

Na segunda corrida da Fórmula E na temporada, novamente ficou clara a força do motor Porsche. Pela segunda vez consecutiva, os trens de força da montadora alemã garantiram as duas primeiras colocações, mas com a ordem invertida — se Dennis triunfou na Cidade do México e Wehrlein ficou em segundo, a situação mudou de figura na Arábia Saudita.

Relacionadas

Alonso destaca energia e motivação da Aston Martin: "Atmosfera muito especial"
Comissão de Ética vê plágio "inequívoco e recorrente" ao GRANDE PRÊMIO e pune jornalistas do Estadão
Do choro de Hamilton ao 'migué' de Wolff. Isso muda na F1 2023? | WGP

Os dois brasileiros do grid, Lucas Di Grassi e Sérgio Sette Câmara, não tiveram jornadas felizes na corrida noturna de Diriyah. O piloto da Mahindra perseguiu o top-10 durante toda a disputa, mas terminou alguns degraus abaixo, em 13º. O titular da NIO, por sua vez, não passou do 15º lugar.

A Fórmula E continua a todo vapor neste sábado, com a realização do TL3 a partir das 7h25 (horário de Brasília). A classificação está marcada para as 9h40, enquanto a largada para a segunda corrida do fim de semana em Diriyah acontece às 14h, com transmissão ao vivo da Band e cobertura completa do GRANDE PRÊMIO.

▶️ Inscreva-se nos dois canais do GRANDE PRÊMIO no YouTube: GP | GP2

Nos arredores da capital árabe Riad, Diriyah recebe a primeira rodada dupla da Fórmula E em 2023
Nos arredores da capital árabe Riad, Diriyah recebe a primeira rodada dupla da Fórmula E em 2023
Foto: Fórmula E / Grande Prêmio

Confira como foi o eP de Diriyah 1:

A largada foi absolutamente limpa entre os primeiros colocados, mas o mesmo não pode ser dito do meio do pelotão. Mitch Evans espalhou na primeira curva e chegou a tocar na McLaren de René Rast, e um engarrafamento se formou em seguida. Neste momento, António Félix da Costa atingiu com força a traseira de Oliver Rowland e destruiu a dianteira de sua Porsche. Com isso, o safety-car foi acionado.

A relargada, logo na segunda volta, não apresentou incidentes. Da Costa trocou a asa dianteira e voltou na última colocação, enquanto os pilotos do pelotão de frente trocavam voltas mais rápidas. Na terceira volta, o posto pertencia a Sam Bird, com 1min15s871. Logo em seguida, o britânico apertou o ritmo, marcou 1min13s431 e deixou Jake Hughes para trás.

Na volta 6, o top-10 tinha Sébastien Buemi, Bird, Hughes, Dan Ticktum, Rast, Pascal Wehrlein, Evans, Nick Cassidy, Lucas Di Grassi e Jake Dennis. Mais atrás, Stoffel Vandoorne ultrapassou as duas Nissan de uma vez e alcançou o 14º lugar.

Bird passou a pressionar Buemi fortemente pela liderança, enquanto Hughes assistia à briga e esperava por um erro para dar o bote. Em um duelo particular de dois carros com trens de força da Jaguar, o inglês enfim tomou a primeira posição na sétima volta, atacando por dentro na curva 18.

A corrida de António Félix da Costa em Diriyah durou apenas duas curvas
A corrida de António Félix da Costa em Diriyah durou apenas duas curvas
Foto: Reprodução/Fórmula E / Grande Prêmio

Edoardo Mortara, 17º colocado naquele momento, foi o primeiro a ativar o modo ataque — o fez na oitava volta, optando por 1min de potência extra. O suíço foi imediatamente seguido por Sacha Fenestraz, Norman Nato e Jean-Èric Vergne, o único a utilizar 2min de uma vez.

Enquanto a batalha seguia firme pelo primeiro lugar, o meio do pelotão começou a usar a estratégia: Dennis, André Lotterer, Sérgio Sette Câmara e Vandoorne também ativaram o modo ataque, no momento em que Rast passou reto na curva 18 e perdeu o quinto lugar para Wehrlein.

Ticktum ofereceu a primeira grande mudança de posição entre os primeiros colocados na 11ª volta, quando ativou 2min de modo ataque e perdeu posições para Wehrlein, Evans e Rast. No entanto, o neozelandês da Jaguar cometeu um grande erro na primeira curva após a linha de chegada, ao disputar posição com o alemão da McLaren, fritou os pneus e foi reto — como resultado, caiu diretamente para o nono lugar.

No fundo do grid, Fenestraz atingiu a barreira de proteção em sua segunda corrida pela Nissan e precisou ir aos boxes para trocar a asa dianteira. Na 13ª volta, Bird tinha 1s7 de vantagem para o segundo colocado Buemi, e a direção de prova da Fórmula E anunciou uma punição de 5s para Evans pela disputa com Rast ainda na largada.

Destaque na classificação com o segundo lugar, Hughes perdeu posições ao longo da corrida e terminou em oitavo
Destaque na classificação com o segundo lugar, Hughes perdeu posições ao longo da corrida e terminou em oitavo
Foto: Fórmula E / Grande Prêmio

Os líderes começaram a ativar o modo ataque, e Bird, Wehrlein e Cassidy foram em direção ao traçado externo na 16ª volta. Entre os brasileiros, Di Grassi lutava para retornar ao top-10 e perseguia Vergne, o décimo, mas também precisava se defender da pressão de Lotterer; Sette Câmara era o 13º, mas andava a mais de 1s do alemão da Andretti.

A estratégia da NIO definitivamente não funcionou em Diriyah, e o primeiro modo ataque de Ticktum apenas o fez perder posições. Em oitavo, o companheiro de Sette Câmara ativou pela segunda vez o artifício na volta 17, mas acabou perdendo contato com Cassidy.

Imprimindo ritmo desde o início, Dennis seguia à frente do piloto da Envision, na sexta posição, e consumava uma grande recuperação. O mesmo não pode ser dito de Vandoorne e Mortara, dois concorrentes ao título no ano passado, que seguiam em 14º e 15º, respectivamente.

Buemi optou por ativar o modo ataque na volta 24, mas perdeu a segunda posição para Wehrlein e passou a ser pressionado por Rast. O alemão da Porsche, aproveitando a vantagem de 2% de energia em relação ao líder Bird, passou a pressionar o britânico da Jaguar.

Wehrlein enfim atacou Sam na abertura da 25ª volta, mas perdeu o ponto de frenagem e espalhou. Assim, Bird retomou o primeiro lugar com tranquilidade. A briga pelo quinto lugar era feroz neste momento, e Hughes fazia de tudo para segurar Dennis e Cassidy.

Dennis largou em 12º e disparou pelotão acima para tomar a segunda colocação
Dennis largou em 12º e disparou pelotão acima para tomar a segunda colocação
Foto: Fórmula E / Grande Prêmio

Wehrlein aproveitou a necessidade de Bird economizar energia e encostou de vez, tomando a primeira posição na 30ª volta. Em mais uma apresentação excelente, Dennis — sem conseguir se comunicar com a Andretti pelo rádio — tomou o terceiro lugar de Buemi e entrou na zona do pódio após largar em 12º, enquanto Rast marcava a volta mais rápida da corrida: 1min10s117.

Na última volta, Dennis encostou de vez em Wehrlein e chegou a ensaiar um ataque na última curva, mas o alemão segurou a primeira posição para conquistar a segunda vitória da Porsche na Fórmula E. Em seguida, cruzaram a linha Bird, Buemi, Rast, Cassidy, Vergne, Hughes e Lotterer, com Evans completando o top-10.

Fórmula E 2022/2023, 2ª Etapa, eP de Diriyah 1:

1 P WEHRLEIN Porsche 39 voltas
2 J DENNIS Andretti +0.531
3 S BIRD Jaguar +3.526
4 S BUEMI Envision +6.048
5 R RAST McLaren +7.471
6 N CASSIDY Envision +7.614
7 J.E VERGNE DS Penske +12.394
8 J HUGHES McLaren +15.187
9 A LOTTERER Andretti +15.563
10 M EVANS Jaguar +17.914
11 S VANDOORNE DS Penske +26.307
12 N NATO Nissan +27.070
13 L DI GRASSI Mahindra +28.799
14 D TICKTUM NIO +37.318
15 S. SETTE CÂMARA NIO +45.034
16 K VAN DER LINDE Abt Cupra 1:00.135
17 S FENESTRAZ Nissan 1:09.547
18 A.F DA COSTA Porsche NC
19 O ROWLAND Mahindra NC
20 E MORTARA Maserati NC
21 N MÜLLER Abt Cupra NC
Acesse as versões em espanhol e português-PT do GRANDE PRÊMIO, além dos parceiros Nosso Palestra e Teleguiado.
Grande Prêmio
Compartilhar
Publicidade
Publicidade