PUBLICIDADE

Lenda da narração da Fórmula 1 na Inglaterra, Murray Walker morre aos 97 anos

Dono de uma das vozes mais famosas do mundo do esporte a motor, o lendário narrador Murray Walker morreu na manhã deste sábado (13), na Inglaterra. O anúncio foi feito pelo Clube dos Pilotos Britânicos, ao qual Walker era afiliado. Ele tinha 97 anos de idade

13 mar 2021 15h24
| atualizado às 15h42
ver comentários
Publicidade
O narrador Murray Walker morreu na Inglaterra
O narrador Murray Walker morreu na Inglaterra
Foto: Reprodução / Grande Prêmio

Lenda da narração na Fórmula 1, o inglês Murray Walker morreu neste sábado (13), aos 97 anos de idade. A notícia foi confirmada pelo British Racing Driver's Club, no qual Murray era membro, e não teve a causa divulgada.

Walker iniciou a carreira como locutor esportivo pelo rádio antes mesmo da criação do Mundial de Fórmula 1. Passou a trabalhar na rede de televisão BBC nos anos 1970, ganhando espaço ocasional até se tornar titular das transmissões em 1978.

Murray Walker, uma das vozes mais conhecidas da Fórmula 1
Murray Walker, uma das vozes mais conhecidas da Fórmula 1
Foto: F1 / Grande Prêmio

"É com grande tristeza que compartilhamos a notícia do falecimento de nosso membro Murray Walker. Um amigo, uma lenda do esporte a motor, o narrador favorito do país e dono de um sorriso contagiante. Sentiremos sua falta, sua marca e sua voz estará eternamente no esporte a motor e em nossos corações.

Agradecemos Murray por tudo que fez em nossa comunidade. Estamos enviando nosso amor e pensamentos para a família e amigos de Murray neste momento difícil. Descanse em paz, nosso amigo", divulgou o BRDC em comunicado.

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube! .

Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram!

Como narrador da Fórmula 1, fez uma marcante dupla de comentários com o campeão mundial James Hunt. Walker chamava a atenção pelas descrições animadas das ações na pista, enquanto Hunt trazia o olhar mais técnico do esporte a motor. Após a morte de James, em 1993, passou a fazer dupla com Jonathan Palmer.

Em 1994, se transferiu para a ITV, que virou a nova detentora dos direitos de transmissão da Fórmula 1 na Inglaterra, e em 1997 passou a fazer outra dupla icônica de comentários, agora com Martin Brundle. Se manteve como titular até anunciar aposentadoria da narração em dezembro de 2000. Sua última corrida como narrador oficial foi o GP dos Estados Unidos de 2001.

Murray também foi agraciado com a Excelentíssima Ordem do Império Britânico pelas suas contribuições ao esporte a motor e ao mundo das narrações.

Murray Walker fez história ao narrar os principais acontecimentos da F1
Murray Walker fez história ao narrar os principais acontecimentos da F1
Foto: Reprodução / Grande Prêmio

O mundo do esporte reverencia Murray Walker

O mundo do esporte a motor já repercute a notícia da morte de Walker. A Fórmula 1 usou as redes sociais para prestar a primeira homenagem. "Sua paixão e amor pelo esporte inspiraram milhões de fãs pelo mundo todo. Ele será sempre parte de nossa história e vai fazer muita falta", disse o post da maior das categorias do esporte a motor.

A equipe McLaren também reverenciou o narrador. "Como milhões de fãs da F1, todos nós na McLaren estamos profundamente tristes com a morte de Murray Walker. Ele trouxe gerações ao nosso esporte dividindo sua paixão e conhecimento com humor e humildade. Nossos pensamentos estão com todos aqueles que tiveram a sorte de conhecê-lo."

A também inglesa Williams lembrou do carisma do locutor. "Estamos realmente muito tristes com a morte de Murray Walker. Murray foi a voz a F1 para muitos e forneceu comentários inesquecíveis de muitos de nosso time nos momentos mais icônicos. Sua paixão pelo esporte era contagiante, e ele nunca falhou ao fazer as pessoas sorrirem. Nossos pensamentos estão com sua família e amigos neste momento difícil. Vamos sentir sua falta, Murray, e só poderíamos terminar com um dos seus comentários mais lendários. E nós temos de parar. Porque temos um nó na garanta", afirmou.

A Haas foi outra a lembrar o britânico e disse que "a voz do nosso esporte por muitos anos. Estamos muito tristes ao saber da morte do grande Murray Walker. Sentiremos sua falta, Murray".

Enquanto isso, a MotoGP escreveu que "uma paixão e um entusiasmo incomparáveis e uma voz que sempre será sinônimo de automobilismo. Um dos melhores que já pegaram um microfone. Descanse em paz, Murray, você fará muita falta".

Grande Prêmio
Publicidade
Publicidade