PUBLICIDADE

Chefe da Red Bull aplaude Gasly e vê chances de retorno: "Não descarto nada"

Christian Horner, chefe da Red Bull, segue de olho no desenvolvimento de Pierre Gasly. O francês teve passagem apagada por Milton Keynes e foi demitido no meio de 2019

20 set 2021 08h42
ver comentários
Publicidade
Pierre Gasly segue na AlphaTauri em 2022
Pierre Gasly segue na AlphaTauri em 2022
Foto: Red Bull Content Pool / Grande Prêmio

Pierre Gasly saiu da Red Bull em 2019 pela porta dos fundos, chutado após meia temporada. O tempo passou e, na AlphaTauri, o francês voltou a ser um piloto de grandes resultados e atuações convincentes. Christian Horner, chefe da equipe principal, faz questão de afirmar: ainda há chances de recuperar uma vaga em Milton Keynes nos próximos anos.

"Eu não descartaria nada", disse Horner, entrevistado pelo site oficial da Fórmula 1. "Ele está pilotando em um nível muito bom. Ele ainda é muito jovem e está fazendo um grande trabalho. Para 2023, temos muitas opções disponíveis. Quando você está em uma situação como a nossa, isso é exatamente o que você quer. O Gasly está fazendo um trabalho fenomenal com a AlphaTauri nessas últimas duas temporadas, e ainda com a ambição de crescer. É bom que ele mantenha essa condição de líder lá [AlphaTauri]. Ele continua sendo um piloto da Red Bull, mas emprestado à AlphaTauri", destacou.

▶️ Inscreva-se nos dois canais do GRANDE PRÊMIO no YouTube: GP | GP2

Christian Horner, chefe da Red Bull, elogiou Pierre Gasly
Christian Horner, chefe da Red Bull, elogiou Pierre Gasly
Foto: Mark Thompson/Getty Images/Red Bull Content Pool / Grande Prêmio

Gasly sonha com um retorno à Red Bull, principalmente após um excelente 2020. Só que a escuderia escolheu Sergio Pérez, que já tem até mesmo contrato renovado para 2022. A AlphaTauri, por sua vez, confirmou o francês ao lado de Yuki Tsunoda por mais um ano.

A vaga na Red Bull, entretanto, tem tudo para ser altamente disputada. E quem diz isso é o próprio Horner, lembrando os bons pilotos apoiados pela Red Bull em categorias menores.

"Temos um grupo de jovens pilotos vindo. Temos o Liam Lawson e o Jüri Vips na F2, temos o Dennis Hauger liderando a F3, além do Jak Crawford, um talento empolgante. Temos talento em quantidade na nossa academia de jovens pilotos", destacou.

Gasly é o nono colocado no Mundial de Pilotos, pontuando com regularidade. O melhor resultado do ano foi o terceiro lugar no GP do Azerbaijão, representando o terceiro pódio da carreira.

Grande Prêmio
Publicidade
Publicidade