1 evento ao vivo

AlphaTauri lamenta por terminar 2020 atrás da Ferrari: "Carro era bom o bastante"

Apesar de ter vencido corrida em 2020, o sentimento da AlphaTauri é que poderiam ter fechado o campeonato à frente da Ferrari. Jody Eddington lamentou os problemas em determinados momentos da temporada

26 jan 2021
12h52
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator
Piloto francês é um dos cinco vencedores de corrida de 2020.
Piloto francês é um dos cinco vencedores de corrida de 2020.
Foto: Red Bull Content Pool / Grande Prêmio

A AlphaTauri fez história em 2020 ao vencer o GP da Itália com Pierre Gasly, mas o sentimento na equipe é que poderiam ter ido além. Com o sétimo lugar no Mundial de Construtores, o diretor técnico Jody Eddington queria ter terminado à frente da Ferrari.

A Scuderia de Maranello ficou no sexto lugar com 24 pontos de vantagem para a AlphaTauri. Em entrevista ao site alemão Motorsport-Total, Eddington lamentou o sentimento de não ter alcançado o que era possível com o AT01.

"No fim das contas, tínhamos a sensação que deveríamos ter terminado em sexto no campeonato. Acho que o carro era bom o suficiente para isso, mas não cumprimos. Melhoramos muitas coisas, mas não conseguimos este feito", comentou o diretor-técnico.

Pierre Gasly será mantido na AlphaTauri (Foto: AFP)

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube! .

Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram!

Eddington apontou o GP da Emília-Romanha, quando Pierre Gasly abandonou com menos de 10 voltas, além da prova na Turquia, em que o francês e Daniil Kvyat não pontuaram, como alguns dos dias ruins que a AlphaTauri teve em 2020.

"O carro era muito competitivo. Conseguimos pontos em muitas corridas. Se não tivéssemos conquistado pontos, falaríamos claramente o porquê de não conseguir. Nós entendemos o nosso carro, mas o fato é que o desempenho em Ímola, quando tivemos um problema de confiabilidade, e em Portugal e na Turquia, onde provavelmente não fomos tão bem como poderíamos, nos custou", seguiu.

Apesar da pequena decepção, Jody também elogiou a temporada da AlphaTauri, que contando o período como Toro Rosso, jamais tinha somado tantos pontos em um único campeonato da Fórmula 1.

"Marcamos mais pontos do que nunca e com menos corridas. Pierre faz um trabalho fantástico competindo com a Ferrari, especialmente contra Charles Leclerc. Ele pilotou de forma fantástica, mas tínhamos um carro rápido e não conseguíamos extrair em todos as corridas", concluiu.

Para 2021, a AlphaTauri manteve Pierre Gasly, mas abriu mão do russo Daniil Kvyat para colocar o japonês Yuki Tsunoda no grid. A temporada tem início no dia 28 de março, com o GP do Bahrein.

Grande Prêmio
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade