0

Szafnauer: "Sucesso não vem da noite para o dia"

22 jan 2020
16h40
  • separator
  • 0
  • comentários

Apesar de agora ter o apoio financeiro que sua equipe carecia há vários anos, o chefe da Racing Point, Otmar Szafnauer, disse que ainda levará vários anos para o novo investimento realmente impulsionar a equipe para a frente.

Foto: Racing Point
Foto: Racing Point
Foto: F1Mania

Antes de ser assumida pelo bilionário canadense Lawrence Stroll no verão de 2018, a Force India era conhecida por operar com o menor orçamento do grid. Apesar disso, a equipe ainda venceu a disputa no pelotão intermediário em 2016 e 2017, terminando em quarto no campeonato de construtores.

Desde a aquisição e a renomeação, a Racing Point afirma ter sofrido em 2019, por causa da equipe estar na sob administração no ano anterior, o que interrompeu o desenvolvimento do carro de 2019.

Agora, um ano e meio depois dessa aquisição, Szafnauer explica como ele permanece realista com as expectativas da equipe, apesar do maior volume de dinheiro disponível, e como ele mantém os donos da equipe cientes da situação também.

“Eu sempre digo que pessoas razoáveis com as mesmas informações, chegam à mesma conclusão”, disse o diretor da equipe ao Motorsport.com.

“Na F1, você faz isso com o tempo. Até a Mercedes levou três anos para vencer um GP depois que comprou a Brawn em 2012, e essa era uma equipe que havia acabado de vencer o campeonato. A Red Bull comprou a Jaguar, e quanto tempo eles levaram para vencer? Cinco anos! (China 2009). Então leva tempo".

“Lawrence é ambicioso. Mas ele precisa entender: isso não acontece da noite para o dia”.

Szafnauer sabe melhor do que ninguém que ter muito dinheiro não significa ter sucesso. A Force India mantinha equipes mais ricas como McLaren, Williams e Renault atrás deles, enquanto operava com um orçamento menor, comparado a eles. É tudo sobre investir esse dinheiro nos lugares certos.

“Não temos todo o dinheiro do mundo”, continuou ele.

“Agora temos dinheiro suficiente para não ficarmos retidos por desenvolvimentos que sabemos que existem, mas que não podemos nos dar ao luxo de fazer, o que tínhamos antes. Quando você está desenvolvendo o carro, mas não pode fabricar as peças”.

“Ainda temos um orçamento, provavelmente o menor orçamento na F1, mas antes estávamos no modo de sobrevivência. Agora não temos isso aqui, e isso é extremamente benéfico para planejar e colocar no carro os desenvolvimentos que você sabe que estão disponíveis”, completou.

Quer assistir ao vivo às corridas da Indy e Superbike? Acesse http://f1mania.vc/4K e experimente a DAZN grátis por 1 mês!

Receba as notícias da F1Mania pelo WhatsApp: https://chat.whatsapp.com/JM217xUs7xT6Ii8qhm1TIF

Inscreva-se em nosso canal no YouTube: https://www.youtube.com/user/f1mania?sub_confirmation=1

Confira os últimos vídeos do canal da F1MANIA no YouTube – MELHORES MOMENTOS | ePRIX DE SANTIAGO 2020:

F1MANIA VISITA HOMENAGENS A AYRTON SENNA EM IMOLA:

Bruno Correia e Victor Berto dão uma volta no circuito do Parque O’Higgins com o SAFETY CAR da Fórmula E:

A experiência inesquecível de pilotar um carro de Fórmula E:

500 MILHAS DE KART GRANJA VIANA 2019 | Melhores Momentos da 23ª edição:

Fórmula 1 faz tributo à Ayrton Senna no Parque do Ibirapuera:

Visitamos o DAYTONA INTERNATIONAL SPEEDWAY | FÉRIAS F1MANIA:

F1Mania
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade