0

Limite orçamentário é crucial, diz a Renault

24 mar 2019
18h24
  • separator
  • comentários

O diretor da equipe Renault, Cyril Abiteboul, acredita que concordar com um teto de custo, é mais importante do que os regulamentos técnicos para 2021.

Limite orçamentário é crucial, diz a Renault
Limite orçamentário é crucial, diz a Renault
Foto: ANDREJ ISAKOVIC / AFP / F1Mania

A Liberty Media se reunirá com a FIA e com todas as dez equipes na terça-feira, quando tentarão definir seu plano para a Fórmula 1, após 2021.

No entanto, Abiteboul acredita que a conversa técnica pode esperar, porque o lado financeiro do esporte é o que precisa de uma mudança urgente.

Falando ao Motorsport.com, ele disse: "Há muito diálogo entre as equipes, a F1 e a FIA, em particular no limite orçamentário".

"Esse é um conjunto muito complexo de novas regulamentações e algo que não existia".

"Todos os dias, todas as semanas, estamos fazendo progresso para resolver algumas das preocupações".

"No que diz respeito à Renault, porque achamos que algo precisa ser seriamente feito para conter os custos para ser competitivo na F1, estamos massivamente apoiando o teto orçamentário".

"É a resposta perfeita? Talvez não. É a melhor resposta? Provavelmente".

"É por isso que estamos trabalhando muito ativamente para torná-lo o mais robusto possível, e de acordo com o que será nossa avaliação no final, vamos ver se podemos ser a favor, e achamos que é um bom impedimento. Muitos progressos estão sendo feitos nesse sentido".

Abiteboul também quer um acordo rápido, para que as equipes possam planejar as mudanças e decidir se desejam assinar um novo Acordo de Concórdia, e continuar no esporte.

"Acho que todos nós aceitamos que precisamos ter algum tipo de clareza antes do verão. Para fazer isso, precisamos levar as coisas a sério, especialmente no lado financeiro, na governança".

"Para mim, as três coisas que não podem esperar são a distribuição financeira, a governança e o limite orçamentário, qualquer coisa relacionada ao negócio, e a sustentabilidade do modelo de negócios é importante, porque é isso que definirá se a F1 ainda é ou não, uma plataforma atraente para 2021".

"Então, quase diria que o conjunto de regulamentações é secundário. Uma vez que o teto orçamentário seja introduzido, então nós movemos a exposição para o custo dos regulamentos, e então eles podem definir quase qualquer regulamentação que eles queiram".

"Essa é a nossa opinião. É por isso que esse lado em particular é muito importante para ser discutido".

O diretor da Renault entende que é difícil chegar a um acordo que todos gostem, mas diz que se a Liberty tentar satisfazer todos, então eles correm o risco de deixar todo mundo infeliz.

"Eu acho complexo. Eles estão tentando conciliar equipes que têm modelos de negócios diferentes, configurações muito distintas".

"Agora parece que eles não estão preparados para incomodar ninguém. O risco e o perigo é que, ao fazer isso, acabem incomodando a todos".

"É por isso, que acho que está demorando muito para encontrar algo que possa satisfazer a todos".

"Eu posso ver de onde eles estão vindo, eu posso entender o ponto deles. Mas acho que a principal coisa a fazer é ter certeza de que a F1 é, e continua sendo atraente".

"Agora parece que eles estão com medo de perder uma equipe, duas equipes, três equipes. Eu acho que o que é realmente importante é que, em vez de ter que viver com medo, tornamos a F1 uma plataforma que seja atraente o suficiente para atrair equipes suficientes, para que você não seja resgatado por ninguém", concluiu.

Confira os últimos vídeos do canal da F1MANIA no YouTube – ePRIX DE SANYA | Melhores Momentos | FÓRMULA E 2018/19 – 6ª etapa

Confira o GRID COMPLETO da temporada 2019 da COPA TRUCK:

F1 2019 | Ferrari apresenta SF90 vermelha e preta fosco:

F1 2019 | MCLAREN apresenta o MCL34:

F1 2019 | Red Bull apresenta RB15 ‘roxo, preto e vermelho’:

F1 2019 | Mercedes apresenta nova pintura para o W10:

FÉRIAS F1MANIA | Pilotamos uma FERRARI 488 GTB no SPEEDVEGAS:


F1Mania
  • separator
  • comentários
publicidade