0

Horner: GP do Brasil de 2019 foi uma "redenção para Max" após incidente há 12 meses

18 nov 2019
12h40
  • separator
  • 0
  • comentários

Há 12 meses, Esteban Ocon e o líder da corrida Max Versstappen colidiram no "Esse do Senna no Grande Prêmio do Brasil. Desta vez, o piloto holandês concluiu os trabalhos e subiu no primeiro degrau do pódio pela terceira vez nesta temporada. Christian Horner descreveu o resultado como uma "redenção" após os problemas do ano passado.

Foto: NELSON ALMEIDA / AFP
Foto: NELSON ALMEIDA / AFP
Foto: F1Mania

"Isso foi uma redenção para Max. Entramos na corrida com um objetivo hoje que era vencer. Desde o momento em que as luzes se apagaram, Max garantiu a liderança e controlou a corrida de forma brilhante “, disse Horner.

Apesar de ter largado da pole e ter passado grande parte da corrida na P1, Verstappen teve que trabalhar pela vitória. Ele foi forçado a ultrapassar Lewis Hamilton duas vezes e teve que sobreviver a duas relargadas depois da entrada do Safety Car no final da corrida. Horner descreve o raciocínio por trás dos pitstops e agradece a sua equipe por mais um recorde mundial.

“Lewis chegou um pouco antes de nós e se comprometeu a fazer duas paradas, depois um lançamento inseguro da Williams custou a Max a liderança, mas aproveitando ao máximo seus pneus novos ele imediatamente repassou a Lewis. Depois disso, Max controlou a corrida e a mecânica fez um trabalho fenomenal.

“Quando o Safety Car saiu, tivemos a péssima decisão de deixar a liderança, sabendo que o carro atrás ficaria de fora. Nossa estrategista Hannah fez a recomendação de parar, e Max foi mais uma vez capaz de ultrapassar Lewis”.

Parecia que a Red Bull Racing garantiria a primeira dobradinha no pódio desde 2016, mas tudo mudou quando Alex Albon foi atingido por Hamilton na entrada do Bico do Pato. No entanto, o resultado não mudou para a Honda, já Pierre Gasly assumiu o segundo lugar em sua Toro Rosso- Honda. Horner dedicou algum tempo no final de sua declaração para parabenizar a Honda e seu ex-piloto Gasly.

“Finalmente, parabéns a Pierre, que entregou um final de semana muito forte e é ótimo vê-lo no pódio pela primeira vez. No geral, foi um final de semana realmente positivo para as equipes da Red Bull e para a Honda”, concluiu Horner.

Quer assistir ao vivo às corridas da Indy, Fórmula 2, Fórmula 3 e Superbike? Acesse http://f1mania.vc/4K e experimente grátis por 1 mês!

Receba as notícias da F1Mania pelo WhatsApp: https://chat.whatsapp.com/HCe0RomLk5a0es06X99dHI

Inscreva-se em nosso canal no YouTube: https://www.youtube.com/user/f1mania?sub_confirmation=1

Confira os últimos vídeos do canal da F1MANIA no YouTube – Victor Berto comenta o sábado do GP do Brasil F1 2019:

STOCK CAR 2019 | VELO CITTÀ – 10ª etapa | MELHORES MOMENTOS (Corrida 1 e 2):

Visitamos o DAYTONA INTERNATIONAL SPEEDWAY | FÉRIAS F1MANIA:

KART ELÉTRICO, FUTEBOL E FÓRMULA E | FELIPE MASSA comenta durante entrevista em São Paulo:

HEINEKEN: #OBRIGADOSENNA, filme exalta poder de união do ídolo brasileiro AYRTON SENNA:

F1Mania
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade