2 eventos ao vivo

Ferrari quer um teto orçamentário que cubra o custo do motor

5 nov 2019
15h02
atualizado às 15h05
  • separator
  • 0
  • comentários

Em 2021, o limite orçamentário pretendido é de US $ 175 milhões por ano. Não há limite direto para o desenvolvimento de motores para os fabricantes que fornecem a outras equipes e esses custam US $ 15 milhões, mas isso não será contabilizado no teto orçamentário.

Foto: Pedro Pardo/ AFP
Foto: Pedro Pardo/ AFP
Foto: F1Mania

Louis Camilleri, o chefe da Ferrari, acredita que os regulamentos que foram apresentados em Austin não estão completos. Segundo ele, os ajustes são certamente possíveis e, em alguns casos, não são pequenos.

“Isso que foi apresentado é o começo do começo. Certamente não o fim do começo. Muito trabalho ainda precisa ser feito com a Fórmula 1 e a FIA, assim como com as equipes. Sim, votamos a favor e não usamos o nosso veto. Portanto, estamos satisfeitos com a direção que as pessoas estão seguindo, mas ainda há detalhes suficientes para suavizar”, disse Camilleri à Motorsportweek.

"O limite de orçamento cobre apenas certos aspectos do carro, e o exemplo mais importante é que o motor não está coberto. Nosso sentimento, nossa esperança, é que, em última análise, obtenhamos um limite de orçamento para o próprio motor".

Não há limite direto para o desenvolvimento do motor. A partir de 2021, os fabricantes de motores só podem usar as bancadas de teste para testar suas unidades de potência.

"Esse é um item de custo considerável. E se a Fórmula 1 se tornar mais divertida e atrair mais fãs, isso significa logicamente mais dinheiro. Isso é bom para todas as equipes, incluindo a Ferrari”, acrescentou.

Receba as notícias da F1Mania pelo WhatsApp: https://chat.whatsapp.com/BQtadYchtfv68j9KFJoV3M

Inscreva-se em nosso canal no YouTube: https://www.youtube.com/user/f1mania?sub_confirmation=1

Confira os últimos vídeos do canal da F1MANIA no YouTube – Visitamos o DAYTONA INTERNATIONAL SPEEDWAY | FÉRIAS F1MANIA:

FELIPE MASSA disputa corrida de karts elétricos em SÃO PAULO | FÓRMULA E:

HEINEKEN: #OBRIGADOSENNA, filme exalta poder de união do ídolo brasileiro AYRTON SENNA:

12º no geral, Felipe Massa comenta os testes da pré-temporada FÓRMULA E 2019/2020 realizado em Valência:

Lucas Di Grassi comenta os testes da pré-temporada 2019/2020 da Fórmula E

EXTREME E revela área da Amazônia, no Brasil, onde acontecerá etapa da categoria:

O que um piloto de Fórmula E faz durante as férias?

PORSCHE ENDURANCE SERIES |300 KM DE GOI NIA | MELHORES MOMENTOS:

F1Mania
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade