PUBLICIDADE

Buemi destaca evolução da Envision na FE após pole em Diriyah: "Cada vez melhores"

Sébastien Buemi precisou de duas corridas com a Envision para conquistar sua primeira pole na Fórmula E desde 2019, mas sentiu que poderia ter conseguido mais no eP de Diriyah

31 jan 2023 - 10h25
Compartilhar
Exibir comentários
Buemi somou bons pontos em Diriyah e se colocou na terceira posição da Fórmula E
Buemi somou bons pontos em Diriyah e se colocou na terceira posição da Fórmula E
Foto: Fórmula E / Grande Prêmio

De casa nova na Envision, Sébastien Buemi parece outro piloto em comparação ao ano passado. Sem possibilidades de competir na Nissan, o suíço passou por anos difíceis dentro do grid da Fórmula E, principalmente após conquistar o título da categoria na temporada 2015/2016. Em 2023, entretanto, o experiente piloto voltou a brigar pelas primeiras posições e precisou de apenas duas corridas para conquistar sua primeira pole pela equipe.

No último fim de semana, durante a rodada dupla do eP de Diriyah, Buemi saiu com 23 pontos somados e assumiu a terceira colocação do campeonato, posto impossível de almejar até o ano passado. Com um quarto lugar na corrida 1 e a sexta posição na corrida 2, o suíço ainda afirmou que poderia ter conseguido mais na pista árabe.

Em sua segunda corrida pela Envision, Buemi levou a pole do eP de Diriyah 1
Em sua segunda corrida pela Envision, Buemi levou a pole do eP de Diriyah 1
Foto: Envision. / Grande Prêmio

Relacionadas

Alonso destaca energia e motivação da Aston Martin: "Atmosfera muito especial"
GRANDE PRÊMIO faz react ao vivo dos lançamentos dos 10 carros da F1 2023
GRANDE PRÊMIO faz react da pintura da Haas, primeiro carro apresentado na F1 2023

"Foi um bom fim de semana, com pontos nas duas corridas e a pole na sexta", resumiu Buemi. "Eu tinha um bom carro, e acho que tive um pouco de azar na primeira curva, quando perdi duas posições. É muito difícil ultrapassar, então isso me colocou em desvantagem. Eu tinha muita energia no fim da corrida, o que foi o oposto da corrida 1, e senti que poderia ter alcançado mais", afirmou.

Além dos resultados, é claro, Buemi lucrou com a situação mais bizarra do fim de semana — e justamente na última volta da segunda corrida. Jake Hughes ficou sem energia praticamente em cima da linha de chegada e viu seu carro morrer na pista, e Mitch Evans não conseguiu desviar: como resultado, o piloto da Jaguar passou a empurrar a McLaren do britânico, o que possibilitou ao suíço ultrapassar o neozelandês no último suspiro da prova.

"Eu tive sorte na última curva, quando Hughes ficou sem energia e seu carro parou, o que significou que eu consegui passar Mitch [Evans] em cima da linha e fiquei abaixo do quinto lugar por alguns décimos de segundo", lamentou.

Confira o momento em que Buemi deixa Evans para trás em cima da linha, com direito a comentários dos pilotos (Vídeo: Fórmula E)

"Sinto que estamos ficando mais fortes, e agora podemos nos reagrupar e olhar em direção à Índia, e sinto que estamos ficando cada vez melhores", finalizou Buemi.

A próxima etapa da Fórmula E representará a primeira estreia da temporada no calendário de 2023. O eP de Hyderabad, na Índia, tem corrida marcada para o dia 11 de fevereiro, às 6h30 (horário de Brasília). Você acompanha a cobertura completa no GRANDE PRÊMIO.

Acesse as versões em espanhol e português-PT do GRANDE PRÊMIO, além dos parceiros Nosso Palestra e Teleguiado.

Grande Prêmio
Compartilhar
Publicidade
Publicidade