PUBLICIDADE
AO VIVO
'Paris É Delas': expectativas para os jogos crescem e veto da mãe de Rayssa Leal gera debate
Logo do Atlético-MG

Atlético-MG

Favoritar Time

Atlético acusa árbitro de mentir na súmula e ironiza: 'Rodrigo Wright de Lima'

Atlético lamenta a postura da arbitragem e faz questão de relembrar o histórico e a decisão da Copa Libertadores de 1981

18 jun 2024 - 18h30
Compartilhar
Exibir comentários
Foto: Reprodução/Premiere - Legenda: Hulk teve novos problemas com a arbitragem / Jogada10

Mais do que a grande goleada do Palmeiras sobre o Atlético, por 4 a 0, em Belo Horizonte, as polêmicas da arbitragem também marcaram presença no jogo na Arena MRV. O Galo, afinal, criticou a postura do juiz e o ironizou nas redes sociais.

O Galo inicialmente alegou que os relatos na súmula não são verdadeiros. O clube mineiro, inclusive, utilizou o vídeo do dublador Gustavo Machado para mostrar a situação e desmentir o relato do árbitro.

O Atlético, no entanto, usou da ironia para criticar o árbitro Rodrigo Pereira de Lima. O clube lembrou dos problemas que teve com José Roberto Wright, que expulsou cinco jogadores do Galo em duelo contra o Flamengo, pela Copa Libertadores de 1981.

"Com qual adjetivo podemos definir a arbitragem de ontem? A julgar pela dublagem, uma conclusão é certa: o sr. Rodrigo "Wright" Pereira de Lima faltou com a verdade na súmula do jogo."

No documento da arbitragem, o juiz explicou os dois cartões amarelos e o vermelho a Hulk por reclamação. O lance aconteceu no meio de campo, em uma disputa com Zé Rafael e Murilo. Rodrigo parou o lance e marcou falta no camisa 7 do Galo. Todavia, quando o atleticano levantou, pareceu reclamar de algo e foi advertido. Com diferença de quatro segundos, o árbitro deu os três cartões.

"O mesmo partiu em minha direção acintosamente, ficando face a face e gritando de forma desrespeitosa", disse o árbitro na súmula.

Siga o Jogada10 nas redes sociais: TwitterInstagram e Facebook.

Jogada10
Compartilhar
Publicidade
Seu Terra












Publicidade