2 eventos ao vivo

Artilheiro salva, e Alemanha passa em 1º; EUA se classificam

26 jun 2014
14h57
atualizado às 18h24
  • separator
  • 0
  • comentários

Artilheiro da Alemanha e da Copa do Mundo, o atacante o Muller fez seu 4º gol na competição nesta quinta-feira e definiu a classificação da seleção às oitavas de final. Com tento salvador na Arena Pernambuco, no Recife (PE), os alemães venceram os Estados Unidos por 1 a 0 na última rodada do Grupo G. Os americanos, no entanto, acabaram com a segunda vaga ao mata-mata, já que contaram com combinação de resultados.

Alemães comemoram placar contra os Estados Unidos
Alemães comemoram placar contra os Estados Unidos
Foto: Tony Gentile / Reuters

Veja como foi Estados Unidos x Alemanha

Um empate teria classificado as duas seleções, mas o “jogo de compadres” não foi cogitado em campo em momento algum. A Alemanha, com a vitória, chegou aos sete pontos ganhos e confirmou a liderança do Grupo G. Agora, enfrenta nas oitavas o segundo colocado do Grupo H – todas as seleções podem terminar nesse posto, entre Bélgica, Argélia, Rússia e Coréia do Sul. A partida alemã vai ocorrer na segunda-feira, às 17h (de Brasília), no Estádio Beira-Rio, em Porto Alegre.

Já os aguerridos americanos contaram com a sorte – e uma combinação de resultados – para avançar às oitavas de final: perderam e ficaram quatro pontos, assim como Portugal, que venceu Gana por 2 a 1 em Brasília. A vaga foi confirmada porque os portugueses não tiraram diferença de cinco gols no saldo. Assim, seguem na Copa do Mundo e agora jogam contra o segundo colocado do Grupo H, em confronto marcado para terça-feira, às 17h, na Arena Fonte Nova, em Salvador.

Domínio alemão e ameaça americana

O primeiro tempo da partida na Arena Pernambuco foi disputado sob muita chuva, condição que tem causado problemas no Recife nos últimos dias, mas teve grande movimentação das equipes. A Alemanha dominou a posse de bola e criou as principais chances, mas viu os americanos jogarem com estratégia baseada na busca por uma chance de surpreender o adversário. E, apesar disso, também apareceram bem no sistema ofensivl.

Goleiro americano Tim Hoawrd faz defesa em lance de Müller, da Alemanha, durante jogo na Arena Pernambuco
Goleiro americano Tim Hoawrd faz defesa em lance de Müller, da Alemanha, durante jogo na Arena Pernambuco
Foto: Ruben Sprich / Reuters

A primeiro boa jogada surgiu aos 9min, quando Ozil dominou na entrada da área dos Estados Unidos e tocou para o meio, onde Mertesacker e Howades acabaram atrapalhando um ao outro e desperdiçando a chance. Aos 13min, Lahm fez passe rasteiro para Boateng, que recebeu na direita e cruzou rasteiro para Muller, mas González se esticou e fez o corte antes que o alemão pudesse completar.

Aos 22min, os americanos finalmente assustaram, em chute perigoso de Zusi, que recebeu bola na esquerda do ataque e, da entrada da área, quase surpreendeu o goleiro Neuer. O goleiro americano Howard foi exigido aos 33min, quando Ozil recebeu passe na área e chutou com força, mas rasteiro. Os Estados Unidos deixaram o gramado para o intervalo com desempenho melhor que o esperado e boas perspectivas de surpreender.

Muller salva Alemanha, mas Estados Unidos também são "salvos"

O segundo tempo, no entanto, começou com esforço germânico em estabelecer de novo o domínio das ações, incluindo aí a entrada do artilheiro Klose no lugar de Podolski. Aos 5min, Schweinsteiger cruzou da esquerda para Klose, que, sozinho, acabou errado a cabeçada. Aos 9min, o placar saiu do zero. Ozil cruzou da direita, Metersacker cabeceou e Howard fez grande defesa; no rebote, Muller chutou com força, colocado, na entrada da área para acertar o canto e colocar a Alemanha em vantagem.

Müller comemora gol contra os Estados Unidos
Müller comemora gol contra os Estados Unidos
Foto: Laszlo Balogh / Reuters

A partida na Arena Pernambuco então ficou mais truncada, com lances mais ríspidos, embora ambas as seleções tenham evitado provocações e deslealdade. As chances de gol começaram a rarear, e os americanos, mesmo precisando do empate para se classificar às oitavas de final, tiveram dificuldade para ir ao ataque. Com a derrota por 1 a 0, a vaga dependeria do resultado do confronto entre Portugal e Gana.

A partida seguiu desta forma até os acréscimos, com poucas chances de gol e muito nervosismo fora de campo, já que qualquer mudança no confronto entre portugueses e ganeses influenciaria a classificação americana. Por fim, os alemãesconfirmaram a vitória, e os Estados Unidos também puderam festejar a vaga às oitavas de final da Copa do Mundo. Houve ainda uma pressão americana nos acréscimos. Aos 47min, Bedoya recebeu na área e chutou cruzado, mas Lahm conseguiu desviar. Na sequência, em cobrança de escanteio, Dempsey cabeceou perigosamente por cima do gol, na última tentativa de evitar a derrota.

FICHA TÉCNICA
ESTADOS UNIDOS 0 X 1 ALEMANHA
Local:
Arena Pernambuco, São Lourenço da Mata (PE)
Data: 26 de junho de 2014, quinta-feira
Horário: 13 horas (Brasília)
Árbitro: Ravshan Irmatov (Uzbequistão)
Assistentes: Abduxamidullo Rasulov (Uzbequistão) e Bakhadyr Kochkarov (Quirguistão)
Cartões amarelos: González, Beckerman (Estados Unidos); Howedes (Alemanha)
Gol: ALEMANHA: Müller, aos dez minutos do segundo tempo
ESTADOS UNIDOS: Howard; Johnson, González, Besler e Beasley; Beckerman, Jones, Zusi, Davis (Bedoya) e Bradley; Dempsey
Técnico: Jurgen Klinsmann
ALEMANHA: Neuer, Boateng, Mertesacker, Hummels e Höwedes; Lahm, Schweinsteiger (Götze), Kroos, Özil (Schürrle) e Podolski (Klose); Müller
Técnico: Joachim Löw

Fonte: Terra
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade