PUBLICIDADE

Williams, do Fed, diz que autoridades não vão esperar tanto tempo para reduzir balanço

14 jan 2022 15h32
ver comentários
Publicidade

Conforme autoridades do Federal Reserve (Fed, banco central norte-americano) removem o extraordinário apoio oferecido à economia durante a pandemia, o próximo passo será aumentar as taxas de juros e, em seguida, diminuir o tamanho do balanço do banco central, disse nesta sexta-feira o presidente do Fed de Nova York, John Williams.

Formuladores de política monetária provavelmente não esperarão tanto quanto antes para começar a reduzir os mais de 8 trilhões de dólares de sua carteira de títulos, afirmou Williams. Ele destacou que o balanço patrimonial está muito maior do que era após a última crise financeira.

"A situação é muito diferente em termos de onde a economia está e a direção que a economia está tomando", disse Williams a repórteres.

O formulador de política monetária disse que faz sentido para o banco central remover a acomodação monetária neste ano depois de ver uma inflação elevada e uma melhora dramática no mercado de trabalho.

Reuters Reuters - Esta publicação inclusive informação e dados são de propriedade intelectual de Reuters. Fica expresamente proibido seu uso ou de seu nome sem a prévia autorização de Reuters. Todos os direitos reservados.
Publicidade
Publicidade