PUBLICIDADE

Storytelling: o Guia Prático para aplicar essa técnica

Siga a leitura e informe-se sobre essa estratégia tão potente na oratória!

14 jun 2021 13h57
ver comentários
Publicidade

Olá, Speaker!

Vivemos tempos em que assuntos viralizam rapidamente e passam a ser vistos como a solução ideal de todos os problemas. Com o storytelling, acontece algo bastante similar!

Vejo essa técnica ser indicada para praticamente todos os contextos e seguindo a mesma regra: contar uma história de superação, parecida à jornada do herói que vemos em filmes.

No entanto, na comunicação, regras engessadas simplesmente não funcionam e é preciso adaptar e saber como usar bem o storytelling para ter o efeito que deseja.

É por isso que preparei este Guia Prático. Siga a leitura e informe-se sobre essa estratégia tão potente na oratória!

Foto: The Speaker

O Guia Prático do Storytelling

O termo storytelling, quando traduzido ao português, significa contar uma história. Na comunicação, esse recurso é criar uma narrativa para abordar um determinado assunto a fim de chegar a um objetivo específico.

Por exemplo: em uma apresentação sobre um novo produto da sua empresa, você pode criar uma narrativa, mostrando como ele resolve um problema. E, dessa forma, fortalecer o seu CTA, que, nesse caso, é a venda do produto.

Veja, a seguir, os passos do Guia Prático do Storytelling.

Passo 1: Conheça o seu público

Conhecer o público deve ser uma das etapas de todas as suas situações de exposição de fala, porque é dessa forma que você pode traçar as melhores abordagens para chegar até essa audiência.

No storytelling, procure se informar sobre os seguintes dados: idade média, escolaridade, quanto o seu público sabe sobre o assunto da apresentação, poder aquisitivo, entre outros.

Com essas informações, você vai planejar a história mais eficaz para esse público específico, uma história que tenha a ver com a audiência e com o seu cotidiano. Lembre-se: não adianta contar qualquer história, ok?

Passo 2: Priorize a história certa

Quantas narrativas inserir na sua apresentação? Vale a pena contar mais de uma história. Bem, pense comigo: em uma vitrine, estão 100 produtos. Em outra, estão 5. De qual delas você se lembrará mais? Provavelmente, da segunda.

Caso decida encher a sua apresentação de histórias, o que era para ser especial se tornará comum, ordinário. Ao contrário, se priorizar uma única história, ela terá a potência que você espera.

Então, priorize a história correta, aquela que você definiu no tópico anterior. Certo?

Passo 3: Atenção ao timing

Assim como o storytelling não se trata de contar qualquer história, não adianta inserir a narrativa em um momento aleatório da sua fala. Apresentações são estratégia: pense e planeje bem o momento no qual usará esse recurso.

Boas opções são na introdução ou na conclusão. Esses são momentos mais impactantes da sua fala e é uma escolha interessante apresentar a sua narrativa em um deles.

Passo 4: Planeje a sua abordagem

Histórias de superação são, sim, muito potentes. Compartilhar como você (ou alguém) superou uma adversidade é algo que inspira, motiva e também potencia a sua chamada para a ação.

No entanto, essa abordagem – chamada de “jornada do herói” – não deve ser aplicada a todos os contextos, indistintamente. Há outras maneiras de usar o storytelling e criar narrativas com outros arcos emocionais. Lembre-se disso!

Passo 5: Potencie sua linguagem não-verbal

A sua história não terá o mesmo impacto se houver ruídos entre o que você diz e o que você expressa através da sua linguagem não-verbal. Portanto, aprenda a dominar sua expressão vocal e corporal e usá-las a seu favor.

Fazer pausas, dar energia à voz, gesticular de forma equilibrada são algumas das ações que você precisa aprender e incluir em suas situações de exposição de fala.

Passo 6: Pratique.

Conte sua história quantas vezes for possível antes de estar diante do seu público. Quanto mais você praticar, mais familiarizado com o conteúdo e com a abordagem estará.

É assim, com a prática, que os comunicadores desenvolvem uma fala natural, espontânea e bem planejada em todos os detalhes. Treinar a sua história só fará com que ela seja ainda mais impactante e inspiradora.

 

Fonte:

https://thespeaker.com.br/storytelling-guia-pratico-para-usar-essa-tecnica-em-6-passos/

The Speaker
Publicidade
Publicidade