0

Oratória de alta performance: aprenda a falar bem em público

A habilidade de falar em público demanda um aprimoramento constante de competências. Afinal, é preciso se adaptar às mudanças e se preparar!

29 jun 2020
07h00
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

Oi, Speaker!

A habilidade de falar em público demanda um aprimoramento constante de competências. Afinal, é preciso se adaptar às mudanças e se preparar para os mais diversos tipos de situações de exposição de fala.

Quando pensamos na oratória de alta performance, nos referimos a competências avançadas do falar em público. Além de englobarem os três pilares básicos da comunicação, também incluem outras estratégias.

Quais estratégias são essas? Siga a leitura e informe-se!

Foto: Shutterstock

Quais são os pilares básicos da oratória?

Antes de falarmos sobre a oratória de alta performance, é preciso dar um passo atrás e recordar quais são os seus pilares básicos. Aliás, não é à toa que eu digo “pilares”, já que esses três aspectos são, realmente, a base para uma comunicação sólida e eficiente.

Dito isso, os três pilares aos quais me refiro são:

Conteúdo
Expressão corporal
Expressão vocal

- Conteúdo

Organizar o conteúdo, isto é, a mensagem que se quer transmitir, é primordial para qualquer comunicador.

A capacidade de falar bem em público está intimamente ligada ao hábito de preparar o conteúdo com antecedência.

Isso significa criar um roteiro para a sua fala, selecionando informações e ideias e organizando-as de uma maneira que tenham uma lógica entre si.

- Expressão corporal

A expressão corporal, por sua vez, faz parte da linguagem não-verbal. Dentro dela, podemos destacar a gesticulação, o contato visual, a postura e as expressões faciais. Esse conjunto compõe a dinâmica não-falada das trocas comunicacionais.

Quanto à expressão corporal, é importante se ater ao fato de que o corpo comunica. Por isso mesmo, a mensagem que você, speaker, transmite através dele deve estar em harmonia com aquilo que se diz.

Por exemplo: um profissional, durante uma apresentação, diz estar feliz com os resultados que sua equipe alcançou. No entanto, não demonstra alegria alguma através de suas expressões. Ao contrário, permanece neutro.

Esse profissional estará se comunicando bem? O público será totalmente convencido de que os resultados foram mesmo tão positivos quanto ele diz? Dificilmente.

- Expressão vocal

A terceira base é a voz. A voz é um instrumento, é a ponte entre o comunicador e o público. Logo, ela também merece atenção – e muita! Encontrar um ritmo de fala confortável, variar o tom de voz e aplicar silêncios em meio à fala são algumas ações.

Tão importante quanto é a pronúncia correta e clara das palavras, assim como o cuidado para evitar vícios de linguagem.

E a oratória de alta performance, o que é?

A oratória de alta performance é aquela que vai além dos três pilares que vimos até aqui. Isto é, um orador de alta performance domina essas três bases, mas, além delas, utiliza estratégias eficientes de persuasão.

Um orador de alta performance consegue inspirar os demais sobre algo.

A oratória de alta performance está relacionada à liderança, à capacidade de ser um formador de opinião. Portanto, gestores e líderes precisam estar nesse patamar e conseguir se comunicar com os demais de uma maneira contundente e inspiradora.

Mas como isso é possível? Vejamos a seguir.

Como ser um speaker de alta performance?

A oratória de alta performance vai além da técnica. Se bem é verdade que a comunicação de alta performance tem uma técnica impecável, há muito mais que isso. Não se trata apenas de falar bem, mas de se comunicar de uma maneira persuasiva e cativante.

E como desenvolver a oratória nesse padrão? Vejamos algumas estratégias:

Conte uma história

A storytelling é uma ferramenta para desenvolver a oratória de alta performance. Na prática, o que se faz, aqui, é transmitir um conteúdo através de uma história. E isso é válido, inclusive, para conteúdos com muitos dados e números (data storytelling).

As histórias têm um alto poder de atração e saber contá-las é um diferencial dos oradores de alta performance. Logo, conhecer, desenvolver e aprimorar essa competência é um dos caminhos para aprender a falar em público com maestria.

Utilize ferramentas de linguagem

Enquanto os vícios de linguagem empobrecem a comunicação, há, por sua vez, ferramentas que a impulsionam quando usadas adequadamente. Algumas dessas ferramentas, são:

- Usar as repetições como estratégia discursiva

- Usar metáforas

- Aplicar perguntas retóricas nos momentos apropriados

- Incluir os silêncios intencionais

Essas quatro ferramentas costumam ser muito usadas por grandes comunicadores. Pela eficácia que possuem, são uma boa forma de impulsionar situações de exposição de fala, aproximando-as da oratória de alta performance.

 

Para aprimorar e desenvolver habilidades de comunicação, considere um treinamento em oratória. Saiba mais entrando em contato com a nossa equipe! 

 

Fonte:

www.thespeaker.com.br

Veja também:

BC corta Selic para 3% ao ano
The Speaker
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade