PUBLICIDADE

Startup cria novas soluções para a energia solar no Brasil

Com a conta de energia elétrica mais cara, empresa cria soluções que ajudam a reduzir esse gasto.

8 mai 2022 04h00
ver comentários
Publicidade
Foto: Reprodução

A conta de luz está alta. Isso todo mundo já sentiu no bolso. E uma das soluções para reduzir os efeitos no bolso está na instalação dos sistemas de energia solar, por exemplo. No Brasil, há algumas barreiras que impedem a sua expansão, como a falta de informação sobre o mercado e o desconhecimento dos benefícios deste tipo de energia limpa.

Os aumentos sucessivos, que devem continuar devido à escassez hídrica, abriram uma oportunidade para o desenvolvimento das energytechs, empresas que utilizam tecnologia de ponta para proporcionar ao mercado novas soluções permanentes de fonte energética em residências e também em empresas de diversos tamanhos e segmentos. 

Geração compartilhada, financiamento de painéis solares e a entrada no mercado livre de energia são alguns dos modelos que as energytechs promovem para reduzir os gastos financeiros e também o impacto ambiental.

“Queremos tornar este tipo de solução mais acessível, facilitando a forma de pagamento e fornecendo equipamento de última geração com uma economia de quase 100% na conta de luz e que ajuda todo o planeta”, afirma Rodrigo Freire, CEO da Holu.

Startup cria novas soluções para a energia solar no Brasil:

Segundo dados da ABSOLAR (Associação Brasileira de Energia Solar Fotovoltaica), em março, o Brasil ultrapassou a marca histórica de 14 gigawatts (GW) de potência operacional de fonte fotovoltaica, somando as usinas de grande porte e os sistemas de geração própria de energia elétrica em telhados, fachadas e pequenos terrenos, conhecidos como geração distribuída. 

Com isso, a fonte solar superou a potência instalada da usina hidrelétrica de Itaipu. O setor já trouxe ao País mais de R$ 74 bilhões em novos investimentos e mais de 420 mil empregos, além de ter evitado a produção de toneladas de CO2 na geração de eletricidade por outras fontes.

“A energia solar fotovoltaica também é uma das melhores alternativas para regiões isoladas onde não há rede elétrica ou que utilizem geradores a diesel ou óleo combustível, pois têm instalação simples e baixo custo em relação ao tempo de vida útil (mais de 25 anos)” explica o CEO.

A startup ajuda a mudar o rumo do modelo energético no Brasil ao apresentar um novo caminho para que a população não ficasse vulnerável a uma única matriz energética. Hoje já são mais de centenas de projetos instalados em todo o Brasil, com a pretensão de chegar a milhares até o final do ano. Para isso, a companhia tem investido em mão de obra especializada, chegando a triplicar o número de colaboradores nos últimos 3 meses.

(*) HOMEWORK inspira profissionais e empreendedores a trabalhar de um jeito mais inteligente, saudável, transformador. Nosso conteúdo impacta mais de 1 milhão de usuários únicos, todo mês. É publicado no Terra e compartilhado via redes sociais, WhatsApp e newsletter. Entre pra comunidade HOMEWORK!

Homework Homework
Publicidade
Publicidade