PUBLICIDADE

Secretário de Petróleo se demite após anúncio de Bolsonaro

José Mauro Ferreira Coelho deixa o cargo num momento em que o preço dos combustíveis tem sido motivo de tensão no governo

21 out 2021 19h02
| atualizado às 19h08
ver comentários
Publicidade

O secretário de Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis do Ministério de Minas e Energia (MME), José Mauro Ferreira Coelho, deixará o serviço público e assumirá novos desafios na iniciativa privada. A informação foi confirmada há pouco pela pasta.

Coelho atuou quatro anos na Empresa de Pesquisa Energética (EPE) e estava no MME há um ano e meio. Antes de assumir novas funções na iniciativa privada, ele passará por um período de quarentena.

Ele deixa o cargo num momento em que o preço dos combustíveis tem sido motivo de tensão no governo, em meio a questionamento de caminhoneiros em relação ao custo do diesel e reflexos nos índices de inflação do País.

O pedido de demissão também vem após o presidente Jair Bolsonaro anunciar, nesta quinta-feira, 21 um benefício para caminhoneiros, sem porém, informar a fonte dos recursos. "Números serão apresentados nos próximos dias, vamos atender aos caminhoneiros autônomos. Em torno de 750 mil caminhoneiros receberão ajuda para compensar aumento do diesel", afirmou o presidente durante evento em Sertânia (PE).

Estadão
Publicidade
Publicidade