0

Maia suspende tramitação de pacote de Moro por Previdência

O presidente da Câmara trancou o andamento de dois dos projetos do pacote por 90 dias

19 mar 2019
12h47
atualizado às 13h19
  • separator
  • 0
  • comentários

O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), suspendeu a tramitação de propostas do pacote anticrime elaborado pelo ministro da Justiça e Segurança Pública, Sérgio Moro, em meio à discussão na Casa da reforma da Previdência.

A decisão de Maia tranca o andamento de dois dos projetos do pacote por 90 dias, período em que sete deputados federais vão analisar a medida e outras matérias com temas correlatos que já tramitam na Câmara.

Presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia
08/05/2018
REUTERS/Ricardo Moraes
Presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia 08/05/2018 REUTERS/Ricardo Moraes
Foto: Reuters

Segundo Maia, publicado no Diário Oficial da Câmara, o grupo de trabalho será coordenado pela deputada Margarete Coelho (PP-PI) e contará com a participação dos deputados Capitão Augusto (PR-SP), João Campos (PRB-GO), Orlando Silva (PCdoB-SP), Subtenente Gonzaga (PDT-MG), Lafayette de Andrada (PRB-MG) e Hildo Rocha (MDB-MA). O grupo de trabalho pode ser prorrogado por mais 90 dias a pedido de seu coordenador.

No início do mês passado, o presidente da Câmara chegou a dizer em entrevista que a antecipação do debate do pacote anticrime poderia contaminar o da Previdência. Posteriormente, contudo, recuou e disse que eles iriam tramitar paralelamente.

Maia tem sido tratado pelo governo do presidente Jair Bolsonaro como um dos principais aliados para aprovar a reforma previdenciária, considerada fundamental para o equilíbrio das contas públicas e recuperação da economia.

Veja também:

 

Reuters Reuters - Esta publicação inclusive informação e dados são de propriedade intelectual de Reuters. Fica expresamente proibido seu uso ou de seu nome sem a prévia autorização de Reuters. Todos os direitos reservados.
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade