0

Preço da energia cai 33% no Brasil na próxima semana

O recuo dos preços decorre da perspectiva mais favorável de chuvas na próxima semana

28 nov 2014
17h29
atualizado às 17h51
  • separator
  • 0
  • comentários

O valor da eletricidade para a próxima semana, dado pelo Preço de Energia de Curto prazo (PLD), caiu em cerca de um terço em todas as regiões do país, depois de permanecer no preço máximo permitido para o ano desde a semana de 20 de outubro.

<p>A Agência Nacional de Energia Elétrica aprovou neste semana mudança na metodologia de cálculo do PLD para próximo ano</p>
A Agência Nacional de Energia Elétrica aprovou neste semana mudança na metodologia de cálculo do PLD para próximo ano
Foto: Eliseo Fernandez / Reuters

Segundo dados divulgados nesta sexta-feira pela Câmara de Comercialização de Energia Elétrica (CCEE), o PLD das cargas pesada e média caiu para R$ 549,18 por megawatt-hora, enquanto na carga leve o valor caiu para R$ 547,99. Em ambos os casos as quedas foram de cerca de 33% ante o teto de R$ 822,83.

O recuo dos preços decorre da perspectiva mais favorável de chuvas na próxima semana sobre as represas de hidrelétricas das regiões Sudeste e Centro-Oeste, onde estão os principais centros de carga do País.

Chuvas aumentam margem de operação
Mais cedo, o Operador Nacional do Sistema (ONS) informou que espera que as represas atinjam ao final de dezembro nível operativo de 24,3% ante o nível atual de 15%. Para o Nordeste, a expectativa é de que as represas cheguem ao fim do ano a 21,3 por cento, ante os cerca de 13% agora.

Esse aumento deve-se à perspectiva de chuvas na próxima semana de 90% da média histórica para o período na região Sudeste e de 107% da média no mês de dezembro.

A Agência Nacional de Energia Elétrica aprovou neste semana mudança na metodologia de cálculo do PLD para próximo ano. Com isso, o valor máximo que o indicador poderá atingir ao longo de 2015 será de R$ 388,48 por MWh.

Confira quais são as maiores cargas tributárias do Brasil Confira quais são as maiores cargas tributárias do Brasil

Reuters Reuters - Esta publicação inclusive informação e dados são de propriedade intelectual de Reuters. Fica expresamente proibido seu uso ou de seu nome sem a prévia autorização de Reuters. Todos os direitos reservados.
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade