3 eventos ao vivo

Serasa: nº de empresas inadimplentes bate recorde em maio

17 jul 2017
12h57
atualizado às 14h03
  • separator
  • comentários

O número de empresas inadimplentes no Brasil atingiu o recorde de 5,1 milhões em maio, com dívidas que totalizam 119,2 bilhões de reais, informou empresa de análise de informações de crédito Serasa Experian nesta segunda-feira, avaliando que a prolongada recessão e dificuldades de acesso ao crédito têm levado ao aumento dos calotes.

A procura das empresas brasileiras por crédito em setembro disparou 19,1 por cento em comparação ao mesmo mês do ano anterior, e subiu 6,6 por cento ante agosto deste ano, informou a Serasa Experian. 15/10/2010
A procura das empresas brasileiras por crédito em setembro disparou 19,1 por cento em comparação ao mesmo mês do ano anterior, e subiu 6,6 por cento ante agosto deste ano, informou a Serasa Experian. 15/10/2010
Foto: Bruno Domingos / Reuters

O número representa um crescimento de 15,9 por cento em relação a maio do ano passado e é o maior registrado desde o início da pesquisa, em março de 2015, disse a Serasa em comunicado.

A maioria das empresas no vermelho é do setor de serviços, com 46,7 por cento, alta de 1,5 ponto percentual ante maio de 2016. Na sequência vem o comércio, com queda de 1,3 ponto percentual na mesma comparação, para 43,7 por cento, e a indústria, com recuo de 0,2 ponto, para 8,7 por cento, disse a Serasa.

De acordo com os economistas da entidade, a retração das vendas e do ritmo de produção por causa da recessão têm debilitado o fluxo de caixa das empresas, que também sofrem com as dificuldades de crédito.

Para ajudar na renegociação das dívidas, a Serasa lançou o serviço gratuito Recupera PJ, que permite a negociação direta com credores pela internet.

"Entendemos que este momento de crise econômica é propício para incentivar a aproximação de quem está devendo e quer pagar com quem vendeu ou prestou o serviço e precisa receber", disse o vice-presidente de Pessoa Jurídica da Serasa Experian, Victor Loyola, em comunicado.

Mais da metade das empresas em situação de inadimplência estão no Sudeste do país (53,6 por cento), sendo que o Estado de São Paulo sozinho responde por 32,3 por cento do total das empresas inadimplentes no país.

Reuters Reuters - Esta publicação inclusive informação e dados são de propriedade intelectual de Reuters. Fica expresamente proibido seu uso ou de seu nome sem a prévia autorização de Reuters. Todos os direitos reservados.

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade