PUBLICIDADE

Magnata indiano gasta R$ 100 milhões para erguer mansão no topo de arranha-céu, mas é impedido de morar nela

Homem está envolvido em problemas com a Justiça após colapso financeiro de sua empresa

11 jun 2024 - 05h00
Compartilhar
Exibir comentários
A mansão é uma réplica da Casa Branca e fica no alto do Kingfisher Towers de Bangalore.
A mansão é uma réplica da Casa Branca e fica no alto do Kingfisher Towers de Bangalore.
Foto: Reprodução/Instagram

O milionário indiano Vijay Mallya, de 67 anos, construiu uma mansão no topo de um edifício de 120 metros de altura, na Índia, mas não poderá morar nela por estar envolvido em problemas com a Justiça após o colapso financeiro de sua empresa aérea

Segundo informações do jornal La Nación, o empresário tem uma série de dívidas e foi para o Reino Unido em 2016 para tentar escapar das acusações de crimes financeiros. A saída do magnata é para tentar protelar um eventual julgamento.

A mansão não pode ser ocupada porque as leis indianas indicam que, em caso de condenação, os ativos relacionados às atividades ilícitas podem ser confiscados pelo governo. Apesar dos esforços das autoridades para garantir a extradição do empresário e resolver a disputa legal, o destino da mansão permanece incerto.

A mansão é uma réplica da Casa Branca, a residência do presidente dos Estados Unidos, e fica no alto do Kingfisher Towers de Bangalore. Para construir a mansão de quase 4.000 metros quadrados, foram gastos US$ 20 milhões (R$ 105 milhões, na cotação atual). 

O imóvel tem amplos jardins, uma adega de vinhos, piscina infinita e um heliponto particular. Ele conta ainda com um deck de observação de 360 graus, segundo o Business Insider. 

A mansão conta ainda com elevadores privativos, para que o seu morador não tenha que dividir o mesmo espaço com outras pessoas do empreendimento. 

Milionário famoso 

Vijay Mallya conquistou seu lugar entre os bilionários mais influentes da Índia por meio de seus negócios, que incluem a famosa cerveja Kingfisher e a Kingfisher Airlines. No entanto, sua reputação foi questionada por alegações de empréstimos não pagos e lavagem de dinheiro, o que o levou a deixar seu país natal.

O estilo de vida e a história de Vijay Mallya inspirou a Netflix a criar o documentário Bad Boys e Bilionários, em 2020, ao lado de outros dois milionários indianos que também possuem histórico de ganância, fraudes e corrupção, segundo descrição do serviço de streaming.

Quanto ganham os CEOs mais bem pagos dos Estados Unidos Quanto ganham os CEOs mais bem pagos dos Estados Unidos

Fonte: Redação Terra
Compartilhar
TAGS
Publicidade
Seu Terra












Publicidade