PUBLICIDADE

Jovem encontra larvas vivas dentro de pacote de bolachas no litoral de SP

Rapaz gravou um vídeo que mostra os bichos andando pelos doces

23 nov 2023 - 19h00
(atualizado às 19h10)
Compartilhar
Exibir comentários
Jovem encontra larvas vivas dentro de pacote de bolachas no litoral de SP
Jovem encontra larvas vivas dentro de pacote de bolachas no litoral de SP
Foto: Reprodução/g1

Um jovem de 22 anos, que não teve o nome revelado, encontrou larvas vivas dentro de um pacote de bolachas da marca Passatempo, sabor morango, em Santos, no litoral de São Paulo. A Nestlé, fabricante do biscoito, informou que irá ressarcir o valor do pacote

O pacote foi comprado pela mãe do rapaz, Sara Ventura, de 43 anos, no início do mês, mas só foi aberto no dia 18. Segundo ela, quando o filho deu uma mordida, viu os bichos e ficou revoltada, pois tem filhos pequenos em casa. 

“Fiquei brava. [...] Se os pequenos tivessem pegado a bolacha, eles tinham comido e passado mal”, afirmou em entrevista ao g1

De acordo com Sara, a família gravou um vídeo que mostra os bichos andando pelas bolachas. Segundo ela, praticamente todas as unidades do pacote tinham pelo menos uma larva. Depois do susto, ela acionou o serviço de atendimento ao cliente da Nestlé, que informou que iria ressarcir o valor do pacote. 

@g1 🤢 Família encontra #larvas vivas dentro de pacote de #bolachas no litoral de #SP. Veja mais em #g1. #tiktoknotícias ♬ som original - g1

Ao Terra, a Nestlé informou, em nota, que "preza pela qualidade dos produtos e atende aos padrões de qualidade exigidos pelas legislações e normas internas e externas. Todas as etapas de produção de suas marcas são monitoradas nas fábricas e não existem registros de problemas na fabricação do biscoito Passatempo, que pode sofrer alterações pontuais em razão das condições de armazenamento".  

A companhia disse ainda que, no caso em questão, "foram seguidos os protocolos de descarte e ressarcimento do valor, além do envio de um novo produto. Porém, todas as iniciativas foram recusadas pela consumidora".

Fonte: Redação Terra
Compartilhar
Publicidade
Publicidade