0

Imea eleva previsão de custo de produção de soja 2018/19 em Mato Grosso

23 abr 2018
18h42
  • separator
  • 0
  • comentários

O custo total de produção de soja em Mato Grosso na temporada 2018/19 foi estimado em 3.530,65 reais/hectare, aumento de 2,2 por cento em relação à previsão anterior, impulsionado pela alta de custos de fertilizantes, de acordo com boletim do Instituto Mato-grossense de Economia Agropecuária (Imea), publicado nesta segunda-feira.

"Cabe salientar que um conjunto de fatores impactou no crescimento dos custos neste mês, tendo como destaque a alta nos preços dos fertilizantes, principalmente potássicos e fosfatados, em decorrência da menor oferta mundial de potássio, nutriente do qual o Brasil tem grande dependência", disse o instituto ligado aos produtores.

Além disso, os maiores custos na produção da China para defensivos também afetaram os custo de alguns inseticidas no Brasil.

"Assim, apesar de o custo total ainda estar 2,9 por cento abaixo quando comparado ao da safra anterior, a nova divulgação de março já se tornou a maior para a safra 18/19, até o momento, o que demanda atenção do produtor mato-grossense", disse o Imea.

O Imea apontou os custos de produção para o milho de alta tecnologia de Mato Grosso em 2.652,57 reais/hectare, um leve crescimento de 0,12 por cento ante a divulgação do mês anterior.

"Tal aumento tem como fundamento principal os maiores custos de produção da China para a produção de defensivos, impactando no custo de alguns inseticidas aqui no país.

O Mato Grosso é o maior produtor de soja e milho do Brasil.

Reuters Reuters - Esta publicação inclusive informação e dados são de propriedade intelectual de Reuters. Fica expresamente proibido seu uso ou de seu nome sem a prévia autorização de Reuters. Todos os direitos reservados.
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade