1 evento ao vivo

Honda anuncia que vai parar de produzir automóveis na Argentina a partir de 2020

13 ago 2019
16h50
  • separator
  • 0
  • comentários

Um dia depois de o mercado financeiro reagir mal ao resultado das prévias das eleições argentinas, que indicaram o retorno do grupo político da família Kirchner ao governo do país, a japonesa Honda anunciou que vai parar de produzir automóveis na Argentina a partir de 2020, mantendo apenas a produção de motocicletas.

"A Honda Motor de Argentina S.A. (HAR), subsidiária da Honda na Argentina que, atualmente, produz motocicletas e automóveis, anunciou que irá descontinuar a produção de automóveis, o HR-V, em 2020 e, com isso, focar suas operações produtivas no segmento de motocicletas", diz o comunicado distribuído à imprensa.

Ainda segundo a montadora, "diante das abruptas mudanças da indústria automotiva ao redor do mundo, a Honda tem buscado reforçar a coordenação e colaboração inter-regional, otimizando a alocação e capacidade produtiva de automóveis globalmente".

A Argentina tem enfrentado queda na venda de veículos desde meado do ano passado. Em 2019, o tombo acumulado é de cerca de 50%. O HR-V registra retração de 17,4%, com a venda de 4,1 mil unidades de janeiro a julho.

A fábrica da Honda na Argentina, localizada em Campana, tem capacidade para produzir 30 mil carros em um ano, em dois turnos. Atualmente, vem operando em um turno apenas.

Consultada pelo Broadcast (sistema de notícias em tempo real do Grupo Estado), a Honda disse que ainda não há uma confirmação sobre para onde será remanejada a produção do HR-V, um utilitário esportivo.

O modelo também é produzido no Brasil. Em 2019, é o 15º carro mais vendido no mercado brasileiro. Na sua categoria, está em quinto.

No Brasil, a Honda ainda conta com ociosidade em sua produção. A montadora tem duas fábricas no país, ambas no Estado de São Paulo, uma em Sumaré e a outra em Itirapina. Até 2018, quando apenas a de Sumaré operava, esta estava sendo totalmente utilizada. No início de 2019, quando a de Itirapina começou a operar, as duas passaram a dividir a produção. Cada uma tem capacidade de produzir 120 mil carros por ano em dois turnos.

Estadão
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade