PUBLICIDADE

Governo Lula ainda não decidiu sobre aumento do salário mínimo para R$ 1.320, diz ministro

Segundo Carlos Lupi, o prometido reajuste dependerá de envio de medida provisória ao Congresso

26 abr 2023 - 15h45
(atualizado às 18h30)
Compartilhar
Exibir comentários
Carlos Lupi
Carlos Lupi
Foto: Tomzé Fonseca

O ministro da Previdência Social, Carlos Lupi, afirmou nesta quarta-feira, 26, que o governo de Luiz Inácio Lula da Silva (PT) ainda não definiu se haverá alteração no valor do salário mínimo, hoje em R$ 1.302. O Orçamento foi aprovado com a previsão de R$ 1.320 neste ano, e há expectativa de que uma medida provisória aplique o reajuste em maio.

“Foi negociado e proposto pelo governo o valor de R$ 1.320, mas está R$ 1.302, e qualquer diferença exigirá uma medida provisória e discussão com o Congresso”, disse Carlos Lupi. “O valor não está fechado ainda”, afirmou o ministro, alertando que os ministérios da Fazenda; do Planejamento; e da Gestão avaliam o assunto.

Segundo a Secretaria do Tesouro Nacional, cada R$ 1 a mais no salário mínimo de R$ 1.302 elevaria hoje o déficit do Regime Geral de Previdência Social (RGPS) em R$ 259,7 milhões. Na hipótese, seriam R$ 6,3 milhões extras na arrecadação do RGPS, ante um acréscimo de R$ 266 milhões nos benefícios previdenciários.

O ministro falou do salário mínimo durante reunião da Comissão de Fiscalização Financeira e Controle da Câmara dos Deputados. (*Com informações da Agência Câmara)

Fonte: Redação Terra
Compartilhar
TAGS
Publicidade
Publicidade