PUBLICIDADE

Governo estuda projeto de lei para privatizar a Petrobras

O líder do governo no Senado, Fernando Bezerra (MDB-PE), disse que ainda não está certo que a proposta seguirá para o Congresso neste ano

25 out 2021 16h45
| atualizado às 16h56
ver comentários
Publicidade
Logo da Petrobras em sede no Rio de Janeiro
16/10/2019 REUTERS/Sergio Moraes
Logo da Petrobras em sede no Rio de Janeiro 16/10/2019 REUTERS/Sergio Moraes
Foto: Reuters

O governo federal estuda enviar um projeto de lei ao Congresso que visa a venda de ações e a privatização da Petrobras, afirmou à Reuters nesta segunda-feira o líder do governo no Senado, Fernando Bezerra (MDB-PE).

O assunto foi revelado inicialmente pela CNN Brasil e tem mexido com o mercado nesta tarde.

A intenção, citada pela emissora, era que o governo vendesse ações por projeto que passaria por maioria simples no Legislativo, o que poderia mudar a estrutura societária da estatal.

Entretanto, segundo Bezerra, ainda não está certo que a proposta seguirá para o Congresso ainda neste ano.

"Não tem decisão tomada. Existem estudos a respeito", disse ele à Reuters.

Líder do governo no Senado, Fernando Bezerra Coelho, em Brasília
01/10/2019 REUTERS/Adriano Machado
Líder do governo no Senado, Fernando Bezerra Coelho, em Brasília 01/10/2019 REUTERS/Adriano Machado
Foto: Reuters

"Primeiro precisamos avançar com os Correios (privatização). Se lograrmos êxito como espero, aí acho que ótima para entrar na pauta de prioridades (a venda de ações da Petrobras)", acrescentou.

Mais cedo, o presidente Jair Bolsonaro havia confirmado, em entrevista para uma rádio de Mato Grosso do Sul, que a privatização da Petrobras "entrou no radar" do governo, mas disse que não é um processo imediato.

"Isso entrou no nosso radar. Mas privatizar qualquer empresa não é como alguns pensam, que é pegar a empresa botar na prateleira e amanhã quem der mais leva embora. É uma complicação enorme. Ainda mais quando se fala em combustível. Se você tirar do monopólio do Estado, que existe, e botar no monopólio de uma pessoa particular, fica a mesma coisa ou talvez até pior", disse Bolsonaro à rádio Caçula, de Três Lagoas (MS).

Reuters Reuters - Esta publicação inclusive informação e dados são de propriedade intelectual de Reuters. Fica expresamente proibido seu uso ou de seu nome sem a prévia autorização de Reuters. Todos os direitos reservados.
Publicidade
Publicidade