0

Google expôs dados privados de centenas de milhares de usuários da rede Google+

8 out 2018
14h29
  • separator
  • comentários

O Google expôs os dados privados de centenas de milhares de usuários da rede social Google+ e optou por não divulgar o problema no ano passado, em parte por temer que isso atraísse escrutínio regulatório e causasse danos à reputação, segundo pessoas informadas sobre o assunto. Os documentos do incidente foram obtidos pelo The Wall Street Journal.

Como parte de sua resposta ao incidente, a Alphabet planeja anunciar um amplo conjunto de medidas de privacidade de dados que incluem o desligamento permanente de todas as funcionalidades do consumidor do Google+, disseram as pessoas. O movimento efetivamente coloca o prego final no caixão de um produto que foi lançado em 2011 para desafiar o Facebook e é amplamente visto como um dos maiores fracassos do Google.

Uma falha de software no site social deu aos desenvolvedores externos o possível acesso a dados privados do perfil do Google+ entre 2015 e março de 2018, quando investigadores internos descobriram e corrigiram o problema, de acordo com os documentos e as pessoas informadas sobre o incidente. Fonte: Dow Jones Newswires.

Estadão

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade