0

Saiba quais os produtos mais desejados na Black Friday

18 nov 2014
12h03
atualizado às 12h04
  • separator
  • 0
  • comentários

Um levantamento realizado com 10 mil usuários pelo site de comparação de preços Zoom revelou os produtos que devem fazer mais sucesso na Black Friday 2014, prevista para acontecer no dia 28 de novembro. Como era de se esperar, TVs e Smartphones se encontram entre os alvos principais.

<p>Como era de se esperar, TVs e Smartphones estão entre os produtos mais desejados pelos usuários na Black Friday, que acontece dia 28 de novembro no Brasil. O levantamento foi pelo site de comparação de preços Zoom</p>
Como era de se esperar, TVs e Smartphones estão entre os produtos mais desejados pelos usuários na Black Friday, que acontece dia 28 de novembro no Brasil. O levantamento foi pelo site de comparação de preços Zoom
Foto: Fulop Zsolt / Shutterstock

O primeiro lugar entre os mais desejados ficou com a Smart TV LED LG 32’’, seguida dos smartphones Moto G, da Motorola, e Samsung Galaxy S5. Os modelos de iPhone 5S e 5C ficaram, respectivamente, em 6° e 7° lugares. Já o último lugar foi ocupado pelo tablet Samsung Galaxy.

Horário de pico na Black Friday deve ocorrer no fim da tarde

Netshoes antecipa Black Friday com descontos no mês inteiro

No ano passado, o evento registrou uma média de descontos de 16% na categoria de TVs, enquanto celulares e notebooks tiveram média de 19%. O fato dos eletrônicos serem considerados mais caros faz com que pequenos descontos representem grandes economias, chamando a atenção do brasileiro.

Selo de qualidade
Como forma de impulsionar ainda mais a Black Friday no Brasil e fortalecer a confiança do consumidor no evento online, a Câmara Brasileira de Comércio Eletrônico (Câmara e-net) reeditou um código de ética que garante o selo “Black Friday Legal” às lojas virtuais que aderirem. As empresas que detêm o selo se comprometem a oferecer descontos reais em seus produtos e não maquiar preços durante a data.

Fonte: Dialoog Comunicação
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade