PUBLICIDADE

ETF: conheça investimento indicado para começar na Bolsa

Veja quais as principais características e vantagens de investir por meio de um ETF, fundo negociado em bolsa

22 ago 2022 - 09h50
Compartilhar
Exibir comentários
Foto: Adobe Stock

Os ETFs são fundos de investimento negociados em bolsa, que replicam o resultado de um índice, por isso são investimentos de renda variável. Por não representarem o resultado de apenas uma ação, eles são um tipo de investimento indicado para quem quer começar a investir na bolsa mas ainda não se sente seguro para escolher uma ação, de acordo com o economista Eduardo Melo. 

Veja abaixo as características desse tipo de investimento e como investir. 

Qual o rendimento do investimento em ETF? 

O investimento em um ETF é muito parecido com o rendimento de uma ação. O investidor, nesse caso, também tem o rendimento com a valorização do ativo. 

Mas, diferente de ações, os ETFs não podem pagar dividentos, explicou Eduardo Melo: “Existem ETFs que compram ações e que acabam recebendo dividendos, mas eles infelizmente, por serem fundos, não repassam esses dividendos diretamente para os acionistas. Eles repassam indiretamente, aumentando o valor da cota do ETF”.

Como funciona um ETF? 

Um ETF representa um conjunto de recursos destinados à aplicação em uma carteira de ações que busca ter um retorno similar à performance, antes de taxas e despesas, de um índice de referência. 

De acordo com a B3, os índices de ações permitem ao investidor avaliar como um grupo específico de ações se comportou em relação a um outro grupo ou à sua própria carteira de ações. 

Ou seja, o índice sempre faz referência a um determinado grupo de ações, como por exemplo o índice Bovespa, que se refere às maiores empresas listadas na bolsa brasileira. Já um ETF que procura seguir o Ibovespa é o BOVA11, também negociado em bolsa.

Conheça alguns ETFs e os índices de referência

Veja abaixo 5 exemplos de ETFs, listados pelo código utilizado para negociação. Estes são os que foram os mais negociados na bolsa brasileira em julho de 2022, e quais índices eles seguem: 

  • • BOVA11 - Índice Bovespa B3 - índice de ações  
  • • BOVV11 - Índice Bovespa B3 - índice de ações 
  • • IVVB11 - S&P500 (índice das 500 maiores empresas norte-americanas listadas em bolsa)
  • • SMAL11 - Índice Small Cap (referente às ações de menor capitalização da bolsa brasileira)
  • • XINA11 - Índice MSCI China (Referente às empresas chinesas mais representativas, presentes em todos os mercados globais)

Quais as vantagens de investir em um ETF? 

As principais vantagens do ETF são a diversificação e o custo. Diversificação: por seguir o resultado de um índice, e não apenas de uma ação, é como se o investidor pudesse diversificar, comprar várias ações em uma mesma operação, na compra do ETF. 

Custo: os ETFs costumam ter uma taxa de administração menor, em comparação com os fundos de ações tradicionais. 

Como investir em ETF? 

A operação de um ETF é simples e igual à de uma ação. Para investir em ETF é preciso ter uma conta em uma corretora de valores. 

Cuidados ao investir em um ETF 

Apesar de ter um risco reduzido, em comparação com o investimento direto em uma ação, o investimento em ETF ainda é de alto risco, por ser de renda variável, por isso deve ser feito com estudo e cautela. O investimento em ETF tem boa liquidez, mas o resgate do investimento pode levar alguns dias. 

ETF: conheça investimento indicado para começar na Bolsa:
Redação Dinheiro em Dia
Compartilhar
Publicidade
Publicidade