PUBLICIDADE

Elon Musk falou bobagem? Veja prós e contras do home office

Especialista em carreira defende que é preciso haver diálogo nessa situação.

9 jun 2022 06h00
ver comentários
Publicidade
Foto: Adobe Stock

Na semana passada, o bilionário Elon Musk se posicionou contra o home office em sua empresa, a Tesla. Ele inclusive determinou que todos os funcionários retornassem imediatamente à jornada de trabalho presencial. A posição de Musk dividiu opiniões, afinal, trabalho híbrido e home office se tornaram "hits" no mundo pós-pandemia.

“Manter o home office foi uma forma encontrada pelas empresas para reter os talentos em áreas com escassez de profissionais. Muitos estudos mostram quais são as preferências de funcionários e líderes, mas é preciso avaliar caso a caso”, defende Bruno Martins, CEO da Trilha Carreira Interativa. “É necessário antes de tudo levar em consideração também o contexto, o tipo de trabalho, a saúde mental do trabalhador e a financeira da empresa. Há profissões em que o home office se encaixa bem, mas há outras em que é necessária a presença do funcionário.”

Diante desse quadro, é preciso avaliar a real necessidade de se adotar uma jornada de trabalho não presencial. Existe um formato mais adequado?

“Várias demandas do mundo corporativo estão sendo revistas e a flexibilidade é parte do bem-estar do funcionário para se manter saudável. O trabalho presencial deu lugar ao home office. Hoje já se discute modelos como o híbrido e o coworking”, defende o especialista. “Não há o melhor formato, mas o que se adapte e gere produtividade para ambos. A avaliação tem que ser frequente. Esse será um desafio para as empresas atraírem e reterem talentos das mais diversas áreas e gerações.”

Elon Musk falou bobagem? Especialista defende o diálogo:

Os prós do home office

• Flexibilidade – Permite que o funcionário busque o melhor horário de trabalho que gere maior produtividade.

• Redução de tempo no transporte – Como o trabalho é realizado em domicílio, não há perda de tempo no trajeto até o local de trabalho.

• Diminuição do contágio da Covid-19 – Manter em casa pode ajudar a reduzir a contaminação pelo coronavírus.

• Gastos – Com menos pessoas trabalhando nas instalações da empresa, os gastos são reduzidos.

Os contras do home office

• Concentração – Como estará em um ambiente aconchegante, é preciso que o funcionário saiba controlar horário e produtividade. É preciso se manter em um local adequado e que não tenha interferência de terceiros.

• Demanda dupla – Também não pode confundir tarefas do trabalho com as domésticas.

• Gastos – Com o trabalho sendo realizado, aumentam despesas para o funcionário com luz e água, por exemplo.

• Sinergia – Um dos desafios é manter a sinergia entre os funcionários trabalhando em locais diferentes.

• Mentalidade de gestão da cultura – Outro desafio para as organizações é como transmitir a cultura organizacional para os funcionários sem que eles conheçam e convivam com o dia a dia da empresa.

Redação Dinheiro em Dia
Publicidade
Publicidade