PUBLICIDADE

'Crescemos bem mais que o previsto', diz Lula após alta de 2,9% no PIB

O grande destaque do PIB brasileiro no ano passado foi a agropecuária; presidente afirma que governo continuará a trabalhar para manter o crescimento do País e melhorar a qualidade de vida da população

1 mar 2024 - 14h32
(atualizado às 15h04)
Compartilhar
Exibir comentários
Presidente Lula
Presidente Lula
Foto: Wilton Junior/Estadão / Estadão

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva comemorou no X, antigo Twitter, o resultado do PIB de 2023, divulgado nesta sexta-feira, 1º, pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

"O PIB do Brasil cresceu 2,9% em 2023, segundo o IBGE. Vocês lembram que a previsão de alguns era 0,9%? Crescemos bem mais que o previsto e vamos continuar trabalhando para crescer com qualidade e pela melhora de vida de todos", escreveu o presidente da República.

No ano passado, pela ótica da oferta, a agropecuária foi o grande destaque. A supersafra e os bons preços no mercado internacional garantiram um crescimento de 15,1% para o setor - um recorde desde o início da série histórica, em 1996. Com a safra concentrada no início do ano, os números positivos da agropecuária ficaram concentrados nos primeiros meses de 2023. No primeiro trimestre, por exemplo, o agro cresceu 20,9%.

Pela ótica da demanda, o ponto positivo foi o consumo das famílias, com alta de 3,1%, turbinado pelo aumento das transferências do governo, reajuste do salário mínimo acima da inflação e mercado de trabalho aquecido.

No último trimestre do ano passado, porém, houve queda de 0,2%, revertendo uma sequência de nove trimestres consecutivos de crescimento./COM INFORMAÇÕES DE LUIZ GUILHERME GERBELLI

Estadão
Compartilhar
TAGS
Publicidade
Publicidade