PUBLICIDADE

Amanda Dias

Como escolher a melhor corretora para começar a investir

A parte mais importante para investir com segurança é escolher bem a corretora. Confira as dicas para fazer a escolha certa

22 ago 2023 - 06h00
(atualizado em 23/8/2023 às 09h52)
Compartilhar
Exibir comentários
Como escolher a corretora certa para começar a investir? :

Para você que está pensando em começar a investir eu trago aqui dicas ultra valiosas. A parte mais importante para conseguir investir com segurança e praticidade é escolher a corretora certa. 

Mesmo que você não tenha muita experiência com investimentos, é importante ter sua própria autonomia e saber os fundamentos básicos que vão te amparar para fazer as escolhas certas para o seu dinheiro. 

Nesse artigo eu vou te explicar, com apenas três dicas, como você vai conseguir escolher uma corretora para começar a investir e ter um bom retorno financeiro para realizar os seus sonhos; quem sabe aquela viagem no fim do ano? Vamos lá! 

Foto: iStock

Busque por corretoras de taxa zero

Encontrar a corretora certa para você pode ser desafiador. É preciso oferecer segurança, praticidade e zero tarifas, afinal, quem está começando a investir o pouco que sobra no fim do mês não quer perder nada, menos ainda ter que pagar para investir. Por isso, a primeira dica que posso te dar é buscar por corretoras com taxa zero. 

Sabe o que isso significa? Que você vai procurar corretoras de investimento que não cobrem para te auxiliar na compra e venda de títulos ou ações. Assim você garante que todo o valor depositado por você seja destinado para seus investimentos, trazendo um retorno maior para você no futuro.

Checando a segurança 

Antes de criar sua conta na corretora escolhida, que tal dar uma conferida nos sites de reclamação e saber como essa empresa trabalha? Nesses sites e nas redes sociais da empresa é possível encontrar qualquer problema relatado por outro usuário, além de ser possível conferir como a empresa respondeu àquelas reclamações.

Tente buscar por palavras chaves como pagamentos, saques, ou eventos como a cobrança de taxas depois de um certo período. Também vale conferir quais soluções essas empresas têm criado para blindar seus aplicativos, como chave de segurança, reconhecimento facial ou digital antes de autorizar uma transação. Tudo para ter certeza de que seu dinheiro está em um bom lugar. 

Pegando o gosto

A terceira dica é o que eu chamo de "pegando o gôsto" - bem assim com acento mesmo, vou te mostrar o porquê. Depois de ler as reclamações e elogios disponíveis sobre ela, você finalmente escolheu a sua corretora. Agora chegou a hora de criar a sua conta e começar a mexer na plataforma.

Antes de começar a depositar seu dinheiro e começar a investir, é preciso que você conheça exatamente como toda a plataforma da sua corretora funciona. Vá buscando pelos títulos que você ouviu falar na internet, leia as informações que a corretora forneceu sobre eles, observe se você consegue compreender a linguagem, se a experiência do aplicativo é intuitiva e fácil para você. 

Não vai ser muito útil para quem está começando agora ter a corretora perfeita, aquela que negocia a maior variedade em títulos, mas que não oferece uma linguagem fácil e tranquila para você. O lance aqui é aprender a se movimentar dentro da plataforma dessa corretora. 

Existem muitas corretoras que prezam pela educação financeira dos seus clientes e ainda disponibilizam imagens ou pequenos infográficos sobre o histórico de valorização daquele título ou ação, vai te oferecer simulações; tudo isso para você se sentir bem e confiante para transferir a grana do seu banco para sua conta na corretora e, aí sim, fazer o seu primeiro investimento. Viva! 

Essas dicas foram úteis? Aposto que agora você vai me dar essa chance e tentar, né? Tenho certeza que com essas dicas você vai encontrar a melhor corretora de investimentos para começar a fazer seu dinheiro render mais. Você merece colher os frutos. 

Fonte: Amanda Dias
Compartilhar
Publicidade
Publicidade