PUBLICIDADE

Casal investiu R$ 400 em caixa de mouse pads para revender e hoje fatura R$ 300 mil por mês

Fernanda e Filipe acabaram se demitindo de seus trabalhos celetistas para se dedicarem totalmente ao negócio virtual

12 fev 2024 - 05h00
Compartilhar
Exibir comentários
Eles estão juntos há seis anos e tocam a Barganha Mix há quatro
Eles estão juntos há seis anos e tocam a Barganha Mix há quatro
Foto: Reprodução/Instagram/@casalseller

Barganha Mix. Esse é o nome que o casal Fernanda Micchi e Filipe Cardoso deu para a loja de vendas on-line que criaram com o investimento de R$ 400 reais em uma caixa com mouse pads comprados na Rua 25 de Março, em São Paulo. O que começou como algo despretensioso, como uma fonte de renda extra, se tornou o emprego principal dos dois. Agora, com quatro anos de crescimento, faturam em torno de R$ 300 mil por mês.

Os dois trabalhavam juntos em uma empresa de seguros. Ela na área de RH, com uma carreira de 15 anos. Ele, engenheiro, trabalhou lá por 10 anos. O que os motivou a trilhar novos caminhos foi a busca pela liberdade financeira. “Ficava sempre apertado”, contaram ao Terra, sobre os fechamentos das contas do mês. Então aproveitaram o esquema de home office, durante a pandemia da covid-19 em 2020, para se arriscar com uma loja no Mercado Livre.

Para conseguirem trabalhar no novo empreendimento em uma rotina de casa com filhos e o expediente celetista, em grande parte das vezes restava a madrugada para Filipe estudar e se aprofundar no negócio. Enquanto isso, Fernanda seguia no operacional nas brechas do almoço e voltava a focar na loja após finalizar seu trabalho em horário comercial. Também foram ampliando o leque de produtos, se comprometendo a levar “o melhor dos eletrônicos” aos consumidores. 

O que fez toda a diferença, apontam, foi terem se aprofundado nos detalhes da plataforma de vendas que escolheram - no caso, o Mercado Livre. Além disso, buscar proporcionar cada vez mais qualidade nos produtos os deu credibilidade nesse início de carreira. “A gente não briga por valores. A gente briga hoje por qualidade”.

O investimento deu certo. A loja começou a dar resultados. E, então, Fernanda foi a primeira a sair de seu trabalho para potencializar ainda mais o sonho de fazer a Barganha Mix ‘virar’. Filipe ia se demitir na sequência, mas ela engravidou e os dois decidiram que ele seguiria por mais um ano no emprego, para não abrirem mão do plano de saúde. 

Agora, com os dois focados na Barganha Mix, o faturamento segue batendo recordes - com alta de 80% do fechamento de 2022 para 2023, por exemplo. Por dia, vendem de 100 a 150 produtos. 

Tudo muito rápido

O crescimento do casal foi rápido, mas não significa ter acontecido em um passo de mágica. “A gente quer deixar muito claro para todo mundo que nós não simplesmente abandonamos o CLT. Foi muita dedicação”, conta Fernanda, que brinca que ela e o esposo usaram o sistema ‘EDAC’ – estudo, dedicação, amor, alegria e confiança – para fazer o negócio vingar. 

Foi esse trabalho, inclusive, que proporcionou a primeira viagem internacional de Filipe no ano passado. Ele foi para a China conhecer de perto o processo de elaboração de produtos com fornecedores.

Até o momento, tudo é feito apenas entre os dois. Eles dizem que querem ficar ricos com o empreendimento – para, inclusive, conseguirem expandir a empresa e contratar funcionários de forma digna. “Queremos ter funcionários, mas pagando o justo, com benefícios e todas as oportunidades que a gente teve”, reforçam.

Além disso, Fernanda e Filipe tem o desejo de usar a história do casal para inspirar outras pessoas que também querem sair do regime CLT para começar a carreira como empreendedor para ter mais tempo de qualidade com a família e conseguir movimentar mais dinheiro. 

Fonte: Redação Terra
Compartilhar
Publicidade
Publicidade