0

Furgão Fiat Fiorino, líder há 29 anos, chega à linha 2021

Campeão de vendas entre as furgonetas há quase três décadas, o utilitário traz novidades para fortalecer sua trajetória de sucesso

2 jun 2020
21h55
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator
O Fiorino 1.4 custa R$ 68.290 e a versão Hard Working sai por R$ 77.790.
O Fiorino 1.4 custa R$ 68.290 e a versão Hard Working sai por R$ 77.790.
Foto: FCA / Divulgação

Referência no segmento de veículos comerciais leves, o Fiat Fiorino, que é sinônimo de praticidade, confiança e robustez no trabalho do dia a dia, chega agora à rede de concessionárias da marca com sua linha 2021. Disponível na cor branca, o Fiat Fiorino conta com duas versões, 1.4 e Hard Working, que receberam tapete de vão de carga e alça de segurança para o passageiro. O Fiorino 1.4 tem preço sugerido de R$ 68.290 e a versão Hard Working sai por R$ 77.790.

Na configuração 1.4, a linha 2021 conta também com predisposição para rádio. Já a Hard Working chega com banco com regulagem e tecido exclusivo. A versão conta com ar-condicionado, computador de bordo (distância, consumo médio, consumo instantâneo, autonomia, velocidade média e tempo de percurso), conta-giros, direção hidráulica, faróis de neblina, porta-luvas iluminado, predisposição para som (dois alto-falantes dianteiros, dois tweeters e antena), travas elétricas, vidros elétricos dianteiros com one-touch (subida e descida) para motorista e volante com regulagem de altura.

Fiorino 2021 tem capacidade de carga de 650 kg, com boa abertura da porta traseira.
Fiorino 2021 tem capacidade de carga de 650 kg, com boa abertura da porta traseira.
Foto: FCA / Divulgação

Fiorino 2021 tem capacidade de carga de 650 kg. Completando a lista de equipamentos, as duas versões saem de fábrica com alerta de manutenção programada, Drive by Wire (controle eletrônico da aceleração), ganchos para amarração de carga, hodômetro digital (total e parcial), ABS com EBD, iluminação no compartimento de carga, indicador digital de temperatura da água e do nível de combustível, inibidor de marcha à ré, luz de leitura dianteira com interruptor na porta lado motorista, parede divisória em chapa, quadro de instrumentos com iluminação branca, relógio digital, tomada 12V e volante espumado.

Versão Hard Working chega com banco com regulagem e tecido exclusivo.
Versão Hard Working chega com banco com regulagem e tecido exclusivo.
Foto: FCA / Divulgação

 

Veja também:

Honda Civic 1.5 turbo é um devorador de estrada
Guia do Carro
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade