PUBLICIDADE

Bolsonaro se opõe a imposto sobre grandes fortunas

Em discurso, presidente reclamou que ser rico no Brasil agora é "um crime"

2 ago 2021 17h54
| atualizado às 18h14
ver comentários
Publicidade
Jair Bolsonaro
Jair Bolsonaro
Foto: Marcos Corrêa / PR

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) descartou, nesta segunda-feira, 2, a possibilidade de instituir imposto sobre grandes fortunas, tabelamento de preços ou aumento de carga tributária no Brasil.

"Alguns querem que eu taxe grandes fortunas no Brasil. É um crime agora ser rico no Brasil. Alguns querem que se aumente a carga tributária, que se tabele preços. Nós somos aquilo que nós produzimos", disse em discurso na cerimônia do lançamento do programa Água nas Escolas.

Apesar das afirmações contra o aumento de impostos, a proposta de reforma tributária apresentada pelo Planalto prevê cobrança de 20% sobre lucros e dividendos, o que incidiria sobre os ganhos de empresários e acionistas do País.

Estadão
Publicidade
Publicidade