PUBLICIDADE

Apesar da pandemia, Shell diz que investimentos no País vão crescer

9 set 2020 01h14
ver comentários
Publicidade

Presidente da Shell no Brasil, André Araujo disse que, apesar da crise decorrente da pandemia de covid-19, os investimentos da empresa no País vão crescer. Em evento virtual promovido pela Câmara Britânica, ele afirmou também que a companhia petrolífera está atenta a oportunidades na exploração e produção em águas profundas do litoral brasileiro, o que inclui o pré-sal.

A área de renováveis também está no radar da Shell, que já atua no segmento de geração solar e, mais recentemente, se voltou ao aproveitamento de recursos naturais para participar do processo de transição energética, em que combustíveis de origem fóssil são gradualmente substituídos por fontes mais limpas. "Em setembro, a gente vai ter um executivo baseado no Rio de Janeiro destacado especialmente para olhar essas oportunidades de produtos da natureza, incluindo conservação e reflorestamento", acrescentou.

O executivo afirmou ainda que a retração do preço do petróleo é desafiadora, mas que a companhia está tomando medidas para preservar o caixa e o balanço financeiro. "Com a pandemia, esse desafio ficou mais forte. A gente deve levar mais tempo para voltar a patamares anteriores de investimento", disse o Araujo, acrescentando que está otimista com o Brasil, apesar de a empresa estar ainda mais seletiva para colocar dinheiro em novos projetos.

Estadão
Publicidade
Publicidade