PUBLICIDADE

Ações recuam de máxima recorde com foco se voltando para resultados corporativos

12 abr 2021
0comentários
Publicidade

O mercado acionário europeu recuou nesta segunda-feira de máximas recordes uma vez que os investidores realizaram lucros antes da temporada de resultados corporativos trimestrais, enquanto duas empresas francesas de serviços públicos saltaram com a noticia de acordo de fusão após meses de disputa.

Bolsa de Londres. REUTERS/Toby Melville/File Photo
Bolsa de Londres. REUTERS/Toby Melville/File Photo
Foto: Reuters

Os papéis de Veolia e Suez saltaram 9,7% e 7,7% depois que as empresas de gestão de resíduos e água concordaram com um acordo de fusão no valor de quase 13 bilhões de euros.

O índice FTSEurofirst 300 caiu 0,43%, a 1.676 pontos, enquanto o índice pan-europeu STOXX 600 perdeu 0,46%, a 435 pontos depois de fechar em máxima recorde na sexta-feira.

Os setores de tecnologia , viagem e lazer e commodities lideraram as perdas.

Analistas esperam salto de 47,4% nos resultados do primeiro trimestre para empresas do STOXX 600, de acordo com dados da Refinitiv IBES. A maior parte do suporte deve vir de empresas industriais e ações cíclicas de consumo.

O índice britânico focado internamente FTSE mid 250 recuou 0,4%, ficando pouco abaixo da máxima recorde uma vez que lojas, pubs, academias e cabeleireiros reabriam no Reino Unido após três meses de lockdown.

Em LONDRES, o índice Financial Times recuou 0,39%, a 6.889 pontos.

Em FRANKFURT, o índice DAX caiu 0,13%, a 15.215 pontos.

Em PARIS, o índice CAC-40 perdeu 0,13%, a 6.161 pontos.

Em MILÃO, o índice Ftse/Mib teve valorização de 0,11%, a 24.457 pontos.

Em MADRI, o índice Ibex-35 registrou baixa de 0,39%, a 8.532 pontos.

Em LISBOA, o índice PSI20 desvalorizou-se 0,21%, a 5.006 pontos.

Reuters Reuters - Esta publicação inclusive informação e dados são de propriedade intelectual de Reuters. Fica expresamente proibido seu uso ou de seu nome sem a prévia autorização de Reuters. Todos os direitos reservados.
Publicidade
Publicidade