0
TV

Silvio Santos é acusado de racismo em programa

Apresentador disse que daria vitória a outra concorrente 'que canta bem e é bonita', contrariando voto da plateia que elegeu candidata negra

9 dez 2019
11h11
atualizado às 13h26
  • separator
  • 0
  • comentários

Silvio Santos está sendo acusado de racismo por internautas após um episódio do programa deste domingo, 8, no SBT. Durante um quadro musical, o apresentador contrariou a votação do auditório, que escolheu como melhor cantora uma mulher negra, e deu o prêmio para outra candidata.

Silvio Santos.
Silvio Santos.
Foto: Reprodução de 'Programa Silvio Santos' (2019) / SBT / Estadão Conteúdo

Jennyfer Oliver, que era a única negra das quatro participantes, recebeu 84 votos da plateia contra oito da segunda colocada.

Mesmo assim, Silvio Santos deu o prêmio de R$ 500 para todas e mais R$ 500 para a mulher escolhida por ele.

"É quinhentos reais para cada uma porque eu é que vou escolher agora quem vai ganhar mais quinhentos", justificou o apresentador. "Se eu estivesse na minha casa vendo o programa, depois que ouvi essa música Caneta Azul, na minha opinião, a melhor intérprete é a Juliani. Você ganhou! Você é muito bonita, canta bem e ganhou mais quinhentos", concluiu.

Assista ao vídeo:

Nas redes sociais, os internautas não entenderam a mudança nas regras do quadro no último minuto e muitos consideraram que o comportamento do apresentador foi de racismo. "O fato de Silvio Santos ser velho não justifica o motivo dele ser racista", escreveu um.

No instagram, Jennyfer Oliver, que é cantora, publicou uma série de stories falando sobre o caso. "Eu fiquei super constrangida no momento, mas como demorou três semanas para ir para o ar, eu não podia mencionar nada sobre o assunto e muito menos expor nada. Eu jurava que ia ser editado e eles iriam pular essa parte que ele me barrou de cantar a música", contou.

Jennyfer disse que em nenhum momento acusou Silvio Santos de racismo, mas ressaltou: "As pessoas sentiram e comentaram nas redes sociais. Se as pessoas sentiram, eu respeito a opinião de todo mundo. Eu respeito as pessoas como elas me respeitam. Não estou me fazendo de vítima, só me senti prejudicada. Quem assistiu viu a minha cara", afirmou.

A cantora também chamou atenção para o fato de o quadro ter como objetivo avaliar a voz das candidatas, não a beleza. "Era para ser um programa de cantoras e sermos avaliadas pela qualidade vocal, mas, infelizmente no Brasil, são poucos programas de TV que levam a sério a questão de qualidade. E ele falou que ela ia ganhar por ser mais bonita."

Jennyfer também garantiu que não pretende mover uma ação contra Silvio Santos ou a emissora. "O Silvio vai continuar 'podre de rico' e não vai adiantar nada ficar brigando pelo que está certo. Pois o errado hoje é o certo e o certo é errado. Não adianta eu processar, porque senão vou ser prejudicada e não vou participar de mais nenhum programa de TV. Eu vivo da música, trabalho honestamente para ter minhas coisas e pagar minhas contas", disse ela.

A reportagem do E+ entrou em contato com o SBT para saber se há uma explicação sobre a mudança no momento da premiação, mas a emissora não irá se manifestar.

Veja também:

IZA sobre racismo: "A gente nunca pode deixar passar"

 

Estadão
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade