PUBLICIDADE

SBT volta a publicar reportagem sobre caminhões com donativos multados no RS; entenda

Emissora paulista chegou a tirar o conteúdo exibido no programa 'Tá Na Hora', apresentado por Marcão do Povo, das plataformas digitais

10 mai 2024 - 18h57
(atualizado às 23h46)
Compartilhar
Exibir comentários
Base aérea de Brasília recebe doações para os atingidos das chuvas no Rio Grande do Sul.
Base aérea de Brasília recebe doações para os atingidos das chuvas no Rio Grande do Sul.
Foto: Joédson Alves/Agência Brasil

SBT voltou a disponibilizar a reportagem do programa Tá Na Hora, apresentado por Marcão do Povo, sobre caminhões que foram multados ao chegarem com doações às áreas afetadas pela maior tragédia climática já vista no Rio Grande do Sul.  

O material foi ao ar inicialmente na segunda-feira, 6, e provocou forte repercussão, o que levou o canal a retirar a matéria de suas plataformas digitais.

Em meio à onda de fake news sobre a tragédia no Rio Grande do Sul, a Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) explicou que, dos mais de 7 mil veículos de carga que passaram pelo posto de fiscalização de Araranguá (SC), somente seis foram erroneamente multados por excesso de peso. 

"Durante o período das chuvas críticas, especificamente a partir de sábado, dia 4 de maio, passaram pelo posto de fiscalização de Araranguá, Santa Catarina, 7.928 veículos de carga que seguiram viagem. Houve casos isolados de autuação por excesso de peso na balança de Araranguá, que não se tornarão multa e serão devidamente anulados", explicou o diretor-geral do órgão, Rafael Vitale. 

Previsão de mais chuva

A previsão é que o Rio Grande do Sul volte a ser atingido por chuvas fortes nesta sexta-feira, 10, segundo o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), que emitiu um alerta de perigo para o agravamento das enchentes no Estado. A meteorologia indica que, entre esta sexta e domingo, 12, a chuva mais intensa será entre o centro-norte e leste gaúcho.

Segundo o instituto, o litoral norte do Estado e o sul de Santa Catarina serão as áreas mais afetadas. As chuvas podem passar dos 100 mm, e os ventos mudam de direção, passando a soprar de sul. Entre o fim de domingo, 12, e segunda-feira, 13, as rajadas de vento podem variar de oeste a sul com velocidade acima de 30 km/h. Na terça-feira, 14, os ventos enfraquecem.

O Inmet explica que isso acontece devido à instabilidade que volta com mais força ao Rio Grande do Sul no fim de semana. Com a aproximação de uma frente fria, o tempo tende a ficar mais instável. A partir de segunda-feira, o frio ganha força, e há possibilidade de geada na terça-feira, 14. O ar frio e seco de origem polar deve afastar a instabilidade e fazer as chuvas cessarem.

O instituto ressalta que as novas chuvas que chegam nesta sexta-feira devem afetar as áreas do Estado que já estão comprometidas pelas enchentes e podem causar ainda mais transtornos. Por isso, o alerta é para que a população siga as orientações da Defesa Civil.

Fonte: Redação Terra
Compartilhar
Publicidade
Seu Terra












Publicidade