PUBLICIDADE

Humor familiar de 'Divertics' é aposta da Globo para os domingos

12 dez 2013 11h26
| atualizado às 11h27
ver comentários
Publicidade
Minotauro e Leandro Hassum na estreia de 'Divertics'
Minotauro e Leandro Hassum na estreia de 'Divertics'
Foto: TV Globo / Divulgação

Diretor de novelas cômicas de sucesso como Que Rei Sou Eu? (1989) e Ti-ti-ti (2010), Jorge Fernando é um apaixonado pela estética exagerada e a mistura de música, humor, arte circense e entretenimento dos shows e programas de auditório. Por isso, sempre almejou um espaço na TV para desenvolver programas do tipo. Esse "sonho" do diretor se concretiza com Divertics - que estreou no último domingo (8) -, humorístico encomendado pela Globo para substituir as férias do Esquenta!. "Estou sempre trabalhando em novelas. Acho que o programa é um respiro para minha carreira e um lugar para experimentar. Tivemos total liberdade e optamos por um caminho sem pretensões. Não precisa nem rir, basta se divertir", ressaltou o diretor, com seu bom humor característico.

Gravado no Pólo de Cinema e Vídeo do Rio de Janeiro – onde a produção pôde contar com o know-how específico para soluções técnicas, como trocas rápidas de cenários e pirotecnia –, a ideia do programa nasceu a partir do conceito de "construção da comédia", concebido pelos redatores Marcius Melhem e Cláudio Torres Gonzaga. Não é a toa que o cenário todo é composto por peças cenográficas que lembram contêineres. No entanto, ao longo do processo de produção o projeto foi sendo modificado. "A proposta inicial era mesmo um programa mais básico, onde o humor teria a função central. Com a entrada do Jorge, a produção foi ganhando ares de espetáculo. É um programa que aglutina muitas informações na proposta de entreter", contou Gonzaga. Por motivos não muito esclarecidos, as modificações estruturais feitas pelo diretor, provocaram a debandada de Marcius Melhem do projeto. "O Divertics foi tomando rumos que não o agradavam. Ele já tinha outro projeto na emissora e decidiu focar nele", explicou o redator.

A verdade é que a entrada do núcleo de Jorge Fernando garantiu a produção dos 18 episódios previstos e um certo prestígio ao escalar o elenco, formado por Luiz Fernando Guimarães, Maria Clara Gueiros, Leandro Hassum, Rafael Infante, Roberta Rodrigues, Marianna Armellini, David Lucas, Nando Cunha, Ellen Roche e Hilda Rebello. "Eu não conseguiria dizer 'não' para o Jorge Fernando. Adorei a ideia do programa e gostei mais ainda depois que comecei a gravar. Lembra muito a anarquia do TV Pirata e outros humorísticos clássicos da emissora", comparou Luiz Fernando.

Dividida por esquetes e vinhetas cômicas, a produção passeia por diversos estilos de humor. E ainda conta com participações especiais de nomes como Rogéria, Regina Casé, Renato Aragão e Minotauro, entre outros. As gravações começaram há pouco mais de quatro meses. Segundo o elenco, a intimidade do grupo aconteceu de cara, foi reforçada durante os ensaios e se confirmou na hora das gravações, onde os atores puderam abusar de figurinos e improvisações. "É uma loucura! Me diverti ao interpretar um brócolis dentro de uma panela. Nunca imaginei que fosse interpretar esse personagem", empolgou-se Roberta Rodrigues.

Sem medo da patrulha do politicamente correto que persegue programas de humor, Jorge Fernando deixa claro que Divertics não foi feito para chocar ou radicalizar. E por isso acredita que o início das tardes de domingo é o horário perfeito para a produção. "O nome do programa já diz tudo. Nossa intenção é divertir. O humor é livre e tem muitos caminhos. Não quero denegrir ou falar mal de alguém apenas para garantir audiência", ressaltou o diretor.

Divertics – Globo – Domingos, às 14h.

<a data-cke-saved-href="http://diversao.terra.com.br/infograficos/jurados-tv/" href="http://diversao.terra.com.br/infograficos/jurados-tv/">Qual o jurado de programas de calouro mais carismático?</a>
Fonte: TV Press
Publicidade
Publicidade