3 eventos ao vivo

Em Família chega ao final com assassinato e fim de mistério

18 jul 2014
23h02
atualizado às 23h12
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

Depois de ser bombardeada pela crítica e pelos noveleiros, Em Família chegou ao fim nesta sexta-feira (18). Como uma típica trama da TV Globo, a despedida contou com muita gravidez, bebês e "justiça" com os vilões - neste caso, Laerte (Gabriel Braga Nunes), que morreu logo após se casar com Luiza (Bruna Marquezine).

Siga Terra Diversão no Twitter

Outro destaque do último capítulo foi a descoberta de André (Bruno Gissoni) sobre quem é sua mãe biológica: Branca (Ângela Vieira). A ricaça, no entanto, rejeitou o jovem novamente, dizendo que ele é filho da empregada.

Confira abaixo detalhes sobre o que rolou na final da trama de Manoel Carlos.

<p>Laerte trai Luiza com Shirley uma noite antes do casamento</p>
Laerte trai Luiza com Shirley uma noite antes do casamento
Foto: Globo/Divulgação
Traição do passado se repete
Assim como fez no passado, Laerte é seduzido por Shirley (Vivianne Pasmanter) antes de seu casamento com Luiza (Bruna Marquezine). A perua aparece no flat do flautista com um espumante e toma conta do lugar. Ele reclama de sua presença, já que estava ensaiando, mas ela diz que não quer atrapalhar.

"Qual é o problema, meu amor? Entro, tomo banho, me ponho debaixo dos seus lençóis, ligo a TV e te espero. Quantas vezes fizemos assim?", ela se defende. Depois de mais reclamações dele e até dela, por lhe fazer esperar, Shirley seduz o amado com um beijo daqueles e o convence a passar uma noite de amor ao seu lado.

Depois, Laerte diz que não quer nada com Shirley, mas ela insiste para que ele fique ao seu lado. "Eu vou me casar, eu não quero fugir", grita o flautista, deixando a perua arrasada.

Antes do casamento
Na casa de Helena, Luiza se prepara para o casamento com a mãe. As duas trocam palavras de carinho pelo companheirismo no grande dia, até que o telefone da estudante toca: é Laerte.

Ao lado de Shirley, que se arruma para ir embora após passar a noite com ele, o flautista faz juras de amor a Luiza e deixa a perua ainda mais arrasada. Ao desligar o telefone, ele procura por Shirley, que já foi embora.

Ele, então, se depara com uma mensagem que ela deixou escrita no espelho do banheiro, com batom: "boa noite, amor".

<p>Branca nega ser mãe de André e deixa jovem arrasado</p>
Branca nega ser mãe de André e deixa jovem arrasado
Foto: Globo/Divulgação
O mistério da adoção de André
André tem quase certeza de que Branca (Ângela Vieira) é sua mãe. Depois de conversar com a mãe adotiva, o jovem decide esclarecer a história de uma vez por todas, e vai com Bárbara (Polliana Aleixo) até a casa da ricaça pedir explicações. Ele, no entanto, acaba tendo uma surpresa ainda maior.

Ao ouvir tudo o que André tem a dizer, Branca acha graça e nega que seja mãe do rapaz. Segundo a versão dela, ele é filho de uma ex-empregada, que desapareceu após ter tido o bebê. A ricaça ainda diz que levou André para o orfanato, depois de a empregada dar à luz durante a madrugada e fugir. "Peguei o bebezinho, embrulhei e levei lá pra porta do orfanato", diz ela. "Suponho que você gostaria muito de ser meu herdeiro para ganhar um bom dinheiro, não é?", provoca.

Arrasado, André diz que gostaria apenas de saber quem é a sua verdadeira mãe. Ele ainda diz que é melhor ter uma mãe morta do que ser filho de uma pessoa tão desprezível quanto Branca. Na sequência, o jovem vai embora ao lado da namorada.

Assim que André deixa a sala, uma empregada de Branca, que ouvia toda a conversa, chega e puxa assunto com a patroa. Segundo ela, em um dia de bebedeira a ricaça contou sobre o filho que deixou no orfanato. "Você disse que teve um filho homem e que o abadonou", relembrou. "Você não seja maluca, você pensa que ouviu", rebate Branca, com lágrimas nos olhos.

Mais tarde, em conversa com a mãe adotiva, André diz que percebeu que Branca estava mentindo e que ele realmente é seu filho biológico. "Teria sido melhor não saber de nada, do que cruzar com uma pessoa tão desprezível", reflete o jovem. "Você chegou àquele orfanato e me escolheu para ser seu filho. A mãe que eu escapei de ter, e a mãe que a vida me deu. Eu tenho que agradecer", conclui ele.

Dona Flor e seus dois maridos
Em conversa com Guiomar (Jessika Alves), Juliana (Vanessa Gerbelli) diz que ainda não sabe o que será de sua vida amorosa. "Não sei, estou em fase de teste. Vamos ver qual dos dois merece o meu amor", brinca ela, ao explicar que realmente está em dúvida. "Mas fácil ficar com os dois: um pra cada função", diverte-se a dona de casa, enquanto, do outro lado da rua, Nando (Leonardo Medeiros) e Jairo (Marcello Melo Jr.) brincam com os respectivos filhos.

Nando, no entanto, acaba com Isolda (Silvia Quadros), e Juliana escolhe Jairo.

A decepção de Livia
Antes do casamento, Laerte chega para conversar com Livia (Louise D’Tuani) e logo começa a seduzir a jovem. Verônica (Helena Ranaldi), então, chega de propósito e interrompe os dois na hora do beijo. A pianista pede para falar com o flautista e dá um sermão nele.

Escondida em um canto, Livia ouve Laerte falar que não tem o menor interesse na loira e que seduzi-la é apenas um passatempo. A jovem pianista fica arrasada com a declaração do amado e deixa o lugar com um olhar nada amistoso.

<p>Laerte leva um tiro no peito e morre após o casamento</p>
Laerte leva um tiro no peito e morre após o casamento
Foto: Globo/Divulgação
O trágico fim de Laerte
Laerte aguarda ansiosamente pela noiva, enquanto isso, Shirley (Vivianne Pasmanter) de preto, em luto, tenta fazê-lo desistir de tudo e fugir com ela. Contudo, Laerte não dá ouvidos. Luiza entra com o pai na igreja, ao som da canção que leva seu nome, que o noivo compôs para a amada, tocada por Leto (Ronny Kriwat).

Com muita chuva do lado de fora da igreja, os dois oficializam o casamento. Ao término da cerimônia, Luiza e Laerte vão para a porta da igreja esperar o carro. Nesse momento, no meio dos vários convidados, uma pessoa se destaca e aponta a arma na direção do noivo. O tiro é disparado e atinge Laerte no peito.

Luiza fica debruçada sobre o noivo, chorando desesperadamente. Shirley, Verônica e Helena também fica ao lado do flautista, enquanto, em seus últimos suspiros, ele relembra os momentos ao lado de cada amada.

Livia, então, aparece em frente ao todos, molhada e segurando a arma. A polícia chega e leva a jovem pianista.

Mais irmãos para Shirley
Shirley (Vivianne Pasmanter) vai a Goiânia e visita a fazenda do pai, onde conhece seus novos irmãos, os gêmeos João e Maria. Para piorar a situação, a perua, que nunca imaginou que teria que dividir a herança, faz uma nova descoberta. 

Ao conhecer as crianças, Shirley recebe uma novidade: Rafaela (Aline Fanju) está grávida novamente. "Nem lembro os nomes dos gêmeos e já vem outro?", dispara a perua, achando graça de si e da situação.

Bebê à vista
Durante uma noite, Verônica aparece na frente de Cadu (Reynaldo Gianecchini), na porta do quarto, e ele acha graça. "Está esperando que eu mande você entrar?", pergunta o chef. "Estou esperando que você olhe para mim", rebate. "Acho que estou grávida!", completa a pianista.

<p>Luiza conhece um músico em Paris</p>
Luiza conhece um músico em Paris
Foto: Globo/Divulgação
Um novo músico para Luiza
Após perder o marido, Luiza resolve ir para Paris curtir uma viagem com os pais, Helena (Julia Lemmertz) e Virgílio (Humberto Martins), onde acaba se interessando por um outro rapaz que, por coincidência, também é músico.

A família curte um bistrô na capital francesa, até que Helena e o marido resolvem fazer um passeio. Porém, Luiza decide ficar e curtir mais o clima do restaurante.

Sozinha, ela chama a atenção de um homem que estava em uma mesa logo ao lado. O rapaz puxa assunto, e eles já descobrem um ponto em comum: a música. Marcelo (Flávio Tolezani) é pianista e fica encantado por Luiza, que se diverte enquanto conversa com ele.

Mais tarde, Leto e Verônica se apresentam em Paris. Na plateia, Helena, Virgílio e Luiza encontram Shirley. A jovem ainda vê Marcelo novamente e os dois se paqueram.

Veja também:

O chef premiado que valoriza peixes considerados menos nobres
Fonte: Terra
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade