3 eventos ao vivo
TV

Glória Vanique e mais: jornalistas trocam Globo por CNN

Gloria Vanique, Monalisa Perrone e Márcio Gomes foram alguns dos nomes que migraram para a emissora

28 out 2020
11h56
atualizado às 12h02
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator
Gloria Vanique, Monalisa Perrone e Márcio Gomes foram contratados pela CNN Brasil
Gloria Vanique, Monalisa Perrone e Márcio Gomes foram contratados pela CNN Brasil
Foto: Instagram/@gloriavanique/Reprodução de 'Hora 1' (2019) / Globo/Imagem cedida pela CNN Brasil / Estadão Conteúdo

Desde que estreou no Brasil, há mais de sete meses, a CNN contratou nomes conhecidos da TV Globo e que estavam 'na ativa'.

Só na última semana, a emissora americana contratou dois âncoras de lá: Gloria Vanique, que apresentava o Bom Dia São Paulo, ao lado de Rodrigo Bocardi, e o jornalista Márcio Gomes, que era um dos plantonistas do Jornal Nacional, Bom Dia Brasil, Jornal Hoje e Jornal da Globo, além das duas edições locais de jornais de São Paulo e do Rio de Janeiro.

Outra apresentadora, uma das primeiras que saiu da Globo para migrar para a CNN, foi Monalisa Perrone. Ela colocou no ar o primeiro jornal considerado 'da madrugada' da Globo, o Hora 1, que começava às 5h.

O casal Mari Palma e Phelipe Siani decidiu pedir demissão, ao mesmo tempo, para estrear o programa Live CNN Brasil, transmitido de segunda a sexta-feira, no período matutino da grade.

A jornalista Cris Dias, que não teve o contrato renovado em junho de 2019 com a Globo, foi convidada pela CNN três meses depois.

A CNN Brasil também buscou profissonais que ficaram marcados por serem apresentadores da TV Globo, mas que já estavam fora da emissora.

A mais recente contratação e que estava se dedicando a projetos pessoais foi a jornalista Carla Vilhena, que apresentou o SPTV e era substituta do Jornal Nacional.

Além dela, outros nomes que ficaram anos na Globo, como William Waack, o comentarista Alexandre Garcia e Evaristo Costa foram convidados para trabalhar na CNN Brasil.

Veja também:

Bom dia, Verônica: elenco discute violência doméstica
Estadão
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade