PUBLICIDADE

Excesso de reprises explica queda de audiência da GloboNews

Canal de notícias do clã Marinho perde público desde o início da presidência Bolsonaro

24 abr 2019 10h42
| atualizado às 10h42
ver comentários
Publicidade

Há em curso um boicote contra a GloboNews?

A pergunta surge no rastro da queda da emissora no Ibope.

De janeiro a março, cerca de 20% dos telespectadores debandaram. Índice preocupante.

O revés coincide com o início do mandato de Jair Bolsonaro.

Ele, como se sabe, elegeu o Grupo Globo como seu principal inimigo na mídia.

A rejeição imposta por bolsonaristas pode sim afetar o desempenho da GloboNews.

O presidente Bolsonaro na tela da GloboNews: relação tensa com as empresas de comunicação da família Marinho
O presidente Bolsonaro na tela da GloboNews: relação tensa com as empresas de comunicação da família Marinho
Foto: Reprodução

Mas existe um fator que melhor explica essa descida no ranking.

Os telejornais da GloboNews estão tomados por reprises – às vezes, reprise da reprise.

Ao longo do dia, exibe-se o mesmo material próprio várias vezes, além de usar o da Globo.

Nota-se produção jornalística insuficiente para preencher as muitas horas de ‘ao vivo’.

É comum um canal de notícias transmitir uma matéria algumas vezes em curto espaço de tempo, principalmente quando se trata de pauta factual.

Contudo, na GloboNews, esse recurso tem sido explorado além do aceitável.

Com tantas opções na programação, qual telespectador vai querer ver de novo o que ainda está fresco na memória?

A GloboNews deveria investir na ampliação de seu time de comentaristas de política, economia e cultura.

Esse é o futuro viável ao telejornalismo: opinião, análise, debate.

A notícia em si já virou domínio da internet, infinitamente mais ágil que a televisão na função de informar.

Veja também

Marina Ruy Barbosa come prato saudável e diverte colega de elenco em restaurante:

 

Sala de TV Blog Sala de TV - Todo o conteúdo (textos, ilustrações, áudios, fotos, gráficos, arquivos etc.) deste blog é de responsabilidade do blogueiro que o assina. A responsabilidade por todos os conteúdos aqui publicados, bem como pela obtenção de todas as autorizações e licenças necessárias, é exclusiva do blogueiro. Qualquer dúvida ou reclamação, favor contatá-lo diretamente no e-mail beniciojeff@gmail.com.
Publicidade
Publicidade