PUBLICIDADE

Na Globo, Sarah vira ‘bolsominion’. Vai ter impeachment?

Redes sociais se revoltam mais com simpatia da sister pelo presidente do que pela ‘passada de pano’ da emissora para Karol Conká

6 mar 2021
0comentários
Publicidade

E não é que a Globo exibiu Sarah dizendo que gosta de Bolsonaro? A edição do ‘Big Brother Brasil’ costuma ser tão irregular, com omissões incompreensíveis, que a maioria das pessoas não esperava ver tal cena na transmissão da TV aberta. Seria mais um caso de declaração polêmica restrita ao pay-per-view ou ao Multishow.

Sarah ‘desmitou’ no ‘BBB21’? Favorita que ajudou a eliminar Conká testa a tolerância do público da Globo
Sarah ‘desmitou’ no ‘BBB21’? Favorita que ajudou a eliminar Conká testa a tolerância do público da Globo
Foto: Blog Sala de TV

Foi decisão editorial (afinal, há relevância no conteúdo da fala) ou opção consciente de jogar uma das favoritas aos leões, ou melhor, aos anti-Bolsonaro e novos haters da sister? A declaração em rede nacional, acompanhada por quase 50 milhões de telespectadores, carrega potencial de grudar em Sarah o rótulo de ‘bolsominion’, termo depreciativo usado contra os fiéis seguidores do presidente.

Prevê-se aceleração no processo de ‘cancelamento’ da sister. Ao longo da sexta-feira (5), as hashtags #Sarah e #ForaSarah ocuparam por várias horas o topo dos Trending Topics do Twitter. À noite, após a competidora dizer “gosto dele (Bolsonaro)” na tela da Globo, surgiram incontáveis postagens críticas à consultora de marketing digital nas redes sociais. Na falta do impeachment do presidente, muitos sugeriram impichar sua nova apoiadora famosa.

Há aspecto extremamente positivo nessa suposta controvérsia. O apreço de Sarah por Bolsonaro testa nosso nível de tolerância em um dos períodos de maior intransigência nas relações presencial e virtual entre os brasileiros. Nos últimos anos, a diferença ideológica ou política superou a rivalidade por time de futebol, por exemplo. Mais fácil ver um corintiano e um palmeirense em confraternização do que assistir a uma conversa respeitosa entre um bolsonarista e um anti-Bolsonaro.

O público do ‘BBB21’ saberá (vai querer?) ‘separar as coisas’, como sinaliza ter feito em relação aos brothers também bolsonaristas Caio e Rodolffo? Difícil responder a isso agora. O programa tem ainda dois meses pela frente. Caso Sarah não volte a citar o presidente, a animosidade certamente vai arrefecer. A família e os assessores da sister precisam torcer para que o próprio Bolsonaro e seus filhos não manifestem apoio a Sarah na internet — o que é pouco provável de ocorrer já que o clã detesta o canal da família Marinho, mas tudo pode acontecer nesse gigantesco 'Big Brother' chamado Brasil.

Curiosamente, a acelerada desconstrução de Sarah ocorre pouco depois da eliminação de sua principal rival no jogo, Karol Conká, opositora assumida do bolsonarismo. A ‘passada de pano’ da Globo para a detestada rapper (com espaço privilegiado para se promover no ‘Faustão’ e ‘Fantástico’) produziu reação bem menos sarcástica e raivosa na web do que a declaração politizada de Sarah.

 

Sala de TV Blog Sala de TV - Todo o conteúdo (textos, ilustrações, áudios, fotos, gráficos, arquivos etc.) deste blog é de responsabilidade do blogueiro que o assina. A responsabilidade por todos os conteúdos aqui publicados, bem como pela obtenção de todas as autorizações e licenças necessárias, é exclusiva do blogueiro. Qualquer dúvida ou reclamação, favor contatá-lo diretamente no e-mail beniciojeff@gmail.com.
Publicidade
Publicidade