1 evento ao vivo
Logo do Blog Sala de TV
Foto: iStock

Blog Sala de TV

Mesmo com crise, 'BBB' garante faturamento de 200 milhões

10 jan 2017
12h30
atualizado às 12h50
  • separator
  • comentários

As seis cotas de patrocínio da 17ª edição do Big Brother Brasil , que estreia no próximo dia 23, devem render, no mínimo, 200 milhões de reais à Globo.

Participantes do 'BBB16' na final do programa (Foto: Divulgação/TV Globo)
Participantes do 'BBB16' na final do programa (Foto: Divulgação/TV Globo)
Foto: Blog Sala de TV

Quatro patrocínios estão fechados: Ambev (Guaraná Antarctica), Cervejaria Petropolis (Itaipava), Claro e Magazine Luiza. Dois acordos estão em fase adiantada de negociação.

De acordo com o site Meio & Mensagem , especializado no mercado publicitário, a Fiat, que fez ações no reality shows desde a estreia, em 2002, não renovou contrato.

A crise econômica - e seu efeito direito nas vendas de automóveis - pode ter influído na decisão. Automóveis sempre foram usados nas provas e oferecidos como prêmio.

Inserções avulsas de merchandising nos quase três meses de duração do BBB podem gerar faturamento extra entre 80 milhões e 100 milhões de reais.

É uma das produções com melhor custo-benefício da Globo - chega a representar 10% do lucro líquido da emissora.

Apesar do desgaste no formato, o programa tem continuidade garantida no canal. Além do resultado financeiro positivo, suscita valiosa repercussão na mídia.

No Ibope, o Big Brother Brasil registrou nas últimas edições audiência média entre 22 e 25 pontos, índices equivalentes aos das novelas atualmente no ar.

Não é mais um fenômeno de público, mas garante a liderança isolada no ranking.

Blog Sala de TV Blog Sala de TV - Todo o conteúdo deste blog é de responsabilidade do blogueiro que o assina. Qualquer dúvida ou reclamação, favor contatá-lo diretamente no e-mail jb.saladetv@terra.com.br

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade