4 eventos ao vivo

Jornalista chora e perde a voz ao noticiar morte de Maradona

Emissoras de TV da Argentina vivem clima dramático ao iniciar a cobertura da despedida ao seu maior ídolo esportivo

25 nov 2020
13h56
atualizado às 17h28
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

Um dos apresentadores mais famosos de seu País, Guillermo Andino não controlou a emoção ao comentar a morte de Diego Maradona. Ele estava ao vivo no comando do programa Informados de Todo, no canal América TV, quando deu a notícia aos telespectadores.

Tomado pela emoção, Guillermo Andino, da América TV, quase não conseguiu terminar seu programa
Tomado pela emoção, Guillermo Andino, da América TV, quase não conseguiu terminar seu programa
Foto: Reprodução

Em certo momento, com os olhos cheios de lágrimas, parou de falar e baixou a cabeça. Um comentarista assumiu a narrativa enquanto foram geradas imagens de arquivo da trajetória do jogador. “Maradona viveu 300 anos em um corpo de 60”, disse o convidado. “A morte o estava esperando.”

Minutos depois, Guillermo Andino ressurgiu no vídeo com olhos vermelhos e voz embargada. “Nunca pensei que um dia teria que dar essa notícia. Pensei que Diego iria enganar a morte”, declarou, comovido. Consternação semelhante se vê em outras emissoras argentinas.

Cabisbaixos e abatidos, jornalistas argentinos prestam homenagem a Maradona na TV
Cabisbaixos e abatidos, jornalistas argentinos prestam homenagem a Maradona na TV
Foto: Reprodução
Diego Maradona morre aos 60 anos vítima de ataque cardíaco

 

Sala de TV Blog Sala de TV - Todo o conteúdo (textos, ilustrações, áudios, fotos, gráficos, arquivos etc.) deste blog é de responsabilidade do blogueiro que o assina. A responsabilidade por todos os conteúdos aqui publicados, bem como pela obtenção de todas as autorizações e licenças necessárias, é exclusiva do blogueiro. Qualquer dúvida ou reclamação, favor contatá-lo diretamente no e-mail beniciojeff@gmail.com.
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade