1 evento ao vivo

Globo acomodada com excesso de filmes gringos na programação

Emissora não parece interessada em fazer a substituição por produções próprias enquanto horários renderem boa audiência

21 jul 2019
14h27
atualizado em 22/7/2019 às 12h28
  • separator
  • 0
  • comentários

Líder no ranking do Ibope, a Globo usa faixas importantes de sua grade para exibir filmes americanos – poucos blockbusters, muitas produções de segunda linha e reprises, raros longas nacionais.

Tela Quente (às segundas, desde 1988), Supercine (aos sábados, há 38 anos) e o Domingo Maior (desde 1972) estão em horários nobres já ocupados por produções próprias.

A Sessão da Tarde, no ar desde 1974, hoje serve como ‘tampão’ em uma programação vespertina carente de atrações inéditas.

Exemplo de reprise sem fim: Ghost – Do Outro Lado da Vida já foi exibido 25 vezes somente na Sessão da Tarde
Exemplo de reprise sem fim: Ghost – Do Outro Lado da Vida já foi exibido 25 vezes somente na Sessão da Tarde
Foto: Divulgação

Domingo à tarde tem o quê? Temperatura Máxima, lançada em 1989. Às quartas, quando não há transmissão de futebol depois da novela das 21h, o que a emissora faz? Recorre a um filme.

A razão para tanto cinema na TV: operação simples e relativamente barata com retorno satisfatório de audiência.

A maioria dos telespectadores pode até gostar, mas esse recurso fácil empobrece a programação e diminui o espaço para produções originais.

Uma alternativa seria explorar melhor as boas séries do Globoplay nesses horários. A maioria demora tempo demais – às vezes mais de um ano – para sair do streaming e chegar à TV justamente por falta de faixas disponíveis.

Todos os anos, dezenas de projetos de novos programas são descartados no canal pelo mesmo motivo: não há onde exibi-los.

Um problema relevante que ressalta a dificuldade (ou seria preguiça?) da Globo em se reinventar artisticamente.

Veja também:

 

Sala de TV Blog Sala de TV - Todo o conteúdo (textos, ilustrações, áudios, fotos, gráficos, arquivos etc.) deste blog é de responsabilidade do blogueiro que o assina. A responsabilidade por todos os conteúdos aqui publicados, bem como pela obtenção de todas as autorizações e licenças necessárias, é exclusiva do blogueiro. Qualquer dúvida ou reclamação, favor contatá-lo diretamente no e-mail beniciojeff@gmail.com.
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade