5 eventos ao vivo
Logo do Blog Sala de TV
Foto: iStock

Blog Sala de TV

Competente, Ana Luiza Guimarães estreia na bancada do ‘JN’

Jornalista se destaca pela firmeza e o carisma com que ancora telejornais da Globo

13 out 2017
10h54
  • separator
  • comentários

Na edição de quinta-feira (12), o Jornal Nacional apresentou uma novidade aos telespectadores: Ana Luiza Guimarães surgiu pela primeira vez na bancada do principal telejornal da Globo.

Ana Luiza Guimarães com Heraldo Pereira: apresentadora está há quase 30 anos na Globo
Ana Luiza Guimarães com Heraldo Pereira: apresentadora está há quase 30 anos na Globo
Foto: Reprodução

A jornalista carioca é âncora do RJTV 2ª Edição, transmitido apenas no Grande Rio – telejornal para o qual ela fez sua primeira matéria como repórter, em 1991 – e eventualmente apresenta o Bom Dia Brasil.

Agora faz parte do time de substitutos dos titulares William Bonner e Renata Vasconcellos. Aliás, ambos estão ausentes: Bonner em recuperação de uma lesão no pé e Renata nos Estados Unidos, em férias.

Na estreia no JN, ao lado de Heraldo Pereira, Ana Luiza exibiu a competência de sempre: postura firme, dicção impecável e carismática na medida exata.

Na noite anterior, a apresentadora havia participado de um ensaio no estúdio com Sandra Annenberg. Surtiu efeito. Não se notou nervosismo em sua performance ao vivo na tão cobiçada cadeira no JN.

Ana Luiza durante ensaio com Sandra Annenberg: “uma honra” apresentar o ‘JN’
Ana Luiza durante ensaio com Sandra Annenberg: “uma honra” apresentar o ‘JN’
Foto: Reprodução

Aos seus seguidores no Instagram (@luliguimaraesoficial), ela relatou a chegada em posição tão privilegiada no telejornalismo brasileiro: “Uma honra, um sonho”.

Em 27 anos na Globo, a jornalista cobriu notícias policiais, foi repórter do JN, colaborou com o Globo Repórter, apresentou o Bom Dia Rio e atuou como correspondente em Londres entre 1996 e 1998.

É, sem dúvida, uma das melhores âncoras da TV. Ainda não se fez tão popular quanto outras justamente por uma de suas maiores qualidades: a discrição.

Ana Luiza não ‘interpreta’ a notícia nem exagera nos comentários improvisados. Está a serviço da informação – ela jamais se coloca sob holofotes.

Trata-se de uma característica valorosa nestes tempos em que muitos jornalistas se comportam (e são tratados) como celebridades.

Sua chegada ao Jornal Nacional fará bem ao telejornal e aos telespectadores. Além de transmitir credibilidade, Ana Luiza é uma presença agradável no vídeo.

Veja também

 

Fonte: Especial para Terra

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade