3 eventos ao vivo

Câncer em pessoas amadas testa a fé de Roberto Carlos

Cantor perdeu uma mulher e uma ex-esposa para a doença e agora acompanha a batalha do filho contra tumores recorrentes

22 set 2020
16h13
atualizado às 16h14
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

A força da espiritualidade de Roberto Carlos é constantemente testada. E, apesar do frequente martírio, continua inabalável. O cantor dos sucessos ‘Jesus Cristo’ e ‘Nossa Senhora’ enfrenta desde o final da década de 1990 uma batalha indireta contra o câncer. Nunca teve a doença, mas viu entes amados padecerem da enfermidade.

Roberto Carlos com Nice, o filho Dudu e Maria Rita: uma vida de muitas alegrias e também momentos de extrema tristeza
Roberto Carlos com Nice, o filho Dudu e Maria Rita: uma vida de muitas alegrias e também momentos de extrema tristeza
Foto: Reprodução

Em maio de 1990, RC chorou a morte de sua primeira mulher, Cleonice Rossi, mãe de seus filhos Roberto Carlos II, o Dudu Braga, e Luciana. Ela lutou contra um câncer de mama. Os dois foram casados de 1968 a 1979. O artista deu total suporte à ex-esposa durante o tratamento quimioterápico e na fase final de sua vida.

O astro da Jovem Guarda enfrentou obstáculos para viver seu primeiro grande amor. Assim que se apaixonaram, assumiu a filha ela, Ana Paula (vítima de infarto, aos 47 anos, em 2011), fruto de um relacionamento anterior. Por Nice ser desquitada, não era permitido naquela época se casar novamente no Brasil. Os dois viajaram 2 mil km até Santa Cruz de La Sierra, na Bolívia, para oficializar a união.

Em dezembro de 1999, o rei do romantismo sofreu outro baque. Sua terceira mulher, Maria Rita  - antes, ele havia sido casado de 1979 a 1989 com a atriz Myrian Rios  -   morreu em consequência de metástase de um câncer pélvico. Os dois se conheceram quando ela tinha 16 anos, em 1977. Na ocasião, os pais não permitiram que a jovem se relacionasse com um homem 20 anos mais velho.

No reencontro, em 1991, puderam finalmente se entregar à paixão. Roberto Carlos dizia que Maria Rita era sua “alma gêmea”. Nas últimas semanas de vida da companheira, o cantor fez vigília ao seu lado. Não saia do hospital: dormia em um quarto em frente ao dela. Depois de sua morte, aos 38 anos, RC demorou muitos anos para voltar a sorrir e namorar.

Agora, em plena pandemia de covid-19, o maior ícone da música brasileira sofre ao testemunhar a recidiva de câncer em seu filho, Dudu, de 51 anos. O comunicador e produtor musical tratou duas vezes tumores no pâncreas. Dias atrás, exames de rotina detectaram câncer no peritônio, membrana que recobre as paredes do abdômen e a superfície dos órgãos digestivos.

Em uma live, ele comentou a reação de Roberto Carlos ao ser informado do ressurgimento da doença. “Meu pai ficou arrasado”, disse. “Eu também, na verdade". Recolhido em seu apartamento no bairro da Urca, no Rio, o cantor tem feito preces pelo filho. O distanciamento social impede o contato presencial. Aos 79 anos, o ídolo que inspira esperança em milhões de fãs recorre novamente à fé para suportar mais uma provação imposta por um câncer em família.

Veja também:

Carol Francischini treina na varanda de sua casa
Sala de TV Blog Sala de TV - Todo o conteúdo (textos, ilustrações, áudios, fotos, gráficos, arquivos etc.) deste blog é de responsabilidade do blogueiro que o assina. A responsabilidade por todos os conteúdos aqui publicados, bem como pela obtenção de todas as autorizações e licenças necessárias, é exclusiva do blogueiro. Qualquer dúvida ou reclamação, favor contatá-lo diretamente no e-mail beniciojeff@gmail.com.
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade